Colunistas/Cinema | 13/04/2017

Resenha da semana: A Cabana

Diego cursou Crítica Cinematográfica na Academia Internacional de Cinema, em São Paulo.

Filme não confia na inteligência do espectador para tirar conclusões do que está sendo mostrado

Publicado em 2007, pelo autor William P. Young, "A Cabana" rapidamente se tornou um dos maiores sucessos literários recentes, vendendo mais de vinte milhões de exemplares por todo o mundo. Após quase dez anos, o livro foi adaptado ao cinema e cheio de boas intenções, almejando envolver o público com questões religiosas e a superação do luto. Porém, tudo é feito de forma bem didática, não confiando na inteligência do espectador de tirar conclusões do que está sendo mostrado. Nem um pouco sutil em sua abordagem, "A Cabana" é uma produção repleta de problemas e digna de um longa feito direto para a televisão.

No filme, depois de sofrer uma tragédia familiar, Mack Phillips [Sam Worthington] entra em uma profunda depressão, que o faz questionar suas crenças mais íntimas. Diante de uma crise de fé, ele recebe uma carta misteriosa que o convida para ir a uma cabana abandonada no deserto de Oregon. Apesar das suas dúvidas, Mack vai à cabana e encontra um enigmático grupo de estranhos liderados por uma mulher chamada Papa [Octavia Spencer]. Por meio deste encontro, Mack encontra verdades significativas que irão transformar o seu entendimento sobre a tragédia que abalou sua família e sua vida mudará para sempre. A sinopse possui a mesma linha auto-ajuda do livro, e o inexperiente diretor Stuart Hazeldine, tenta criar uma atmosfera tensa e marcante com um clima de mistério desde o início, mas falha absurdamente. O roteiro escrito a seis mãos, tem sérios problemas em sua estrutura, desde diálogos expositivos a acontecimentos totalmente previsíveis, sendo que após um início que aparentemente traria alguma tensão, é totalmente preenchido por sequências cansativas que não levam a lugar nenhum. Não há absolutamente nenhuma complexidade na forma que o roteiro desenvolve e eventualmente soluciona seus conflitos.

Fica difícil também dar credibilidade a um elenco que tem como maior falha, seu protagonista. Sam Worthington, de Avatar, tem uma presença apática, compondo o personagem de forma superficial não conseguindo demonstrar o terrível drama que deveria estar passando. O que me agradou foi a composição da Santíssima Trindade. Deus, representado pela atriz Octavia Spencer, é retratado com bom humor, ouvindo reggae e com dotes culinários. Jesus é retratado como os jovens de hoje em dia, despojado com barba por fazer e camisa xadrez, enquanto que o Espírito Santo tem um discurso ativista, lembrando membros do Greenpeace. Raramente retratadas desta forma, estas figuras divinas são representadas por uma mulher negra, um israelense e uma asiática, uma das coisas mais interessantes do filme.

No fim, "A Cabana" afirma ser uma obra religiosa voltado ao público religioso, com conceitos básicos de perdão e compaixão em uma trama desesperada para emocionar o espectador a qualquer custo. O filme não oferece nenhuma reflexão mais profunda ou temas que estimulassem algum tipo de debate. Não tenho dúvidas que será campeão de bilheterias, mas trata-se de um filme pobre em sua estrutura e vazio em sua mensagem.

Curiosidades: Em 2005, William Paul Young estava à beira da falência. Foi nesta época que ele decidiu escrever sobre seus sentimentos em relação a Deus e presentear sua família e amigos próximos com o livro.

Confira os horários das sessões nos cinemas de Santos.
A Cabana

The Shack (EUA/2016)
Estreia - drama/fantasia - 132' - 12 anos
direção: Stuart Hazeldine (Exame)
roteiro: John Fusco, Andrew Lanham e Destin Daniel Cretton.
elenco: Sam Worthington, Octavia Spencer, Tim McGraw.
legendado:
Cine Roxy: 17h15 - 22h15
Roxy Pátio: 14h - 16h30 - 19h - 21h30
Cinemark: 15h30 - 18h40 - 21h40 - 23h30* (*somente sábado)
Cinespaço: 15h - 21h
dublado:
Cine Roxy: 14h45 - 19h45
Cinemark: 14h10 - 17h30 - 20h30 - 12h30* (*só sábado e domingo)
Cinespaço: 13h30 - 18h30
Brisamar: 14h15 - 16h45 - 19h15 - 21h45
Roxy Anilinas: 17h - 21h15

Travessia
(Brasil/2015)
Estreia - drama - 90' - 16 anos
direção: João Gabriel (estreando na direção)
roteiro: João Gabriel
elenco: Chico Diaz, Caio Castro, Camilla Camargo.
Cinespaço: 17h

Insubstituível
Médecin de Campagne (França/2016)
Estreia - comédia/drama - 102' - 12 anos
direção: Thomas Lilti (Hipócrates)
roteiro: Thomas Lilti e Baya Kasmi.
elenco: François Cluzet, Marianne Denicourt, Isabelle Sadoyan.
Cinespaço: 11h* - 15h50 - 20h20** (*somente sábado, grátis para sócios do Clube do Professor / **NÃO será exibida quarta)

Dolores
Dolores (Argentina-Brasil/2017)
Estreia - drama/romance - 98' - 14 anos
direção: Juan Dickinson (Destino Anunciado)
roteiro: Juan Dickinson (Un día en Constitución)
elenco: Emilia Attías, Guillermo Pfening, Roberto Birindelli.
Cinespaço: 18h50

Belos Sonhos
Fai Bei Sogni (Itália-França/2016)
Estreia - drama - 134' - 16 anos
direção: Marco Bellocchio (Sangue do Meu Sangue)
roteiro: Valia Santella, Edoardo Albinati e Marco Bellocchio.
elenco: Bérénice Bejo, Guido Caprino, Miriam Leone.
Cine Arte Posto 4: 16h - 18h30 - 21h

Despedida em Grande Estilo
Going in Style (EUA/2017)
Estreia - comédia/crime - 96' - 14 anos
direção: Zach Braff (Hora de Voltar)
roteiro: Theodore Melfi, baseado em roteiro de Edward Cannon (1979).
elenco: Joey King, Morgan Freeman, Ann-Margret.
legendado:
Roxy Pátio: 13h45 - 20h15
Cinemark: 21h20* - 22h** (*só sábado / **NÃO será exibida sábado)
dublado:
Cinemark: 13h50* - 14h50** - 16h10* - 17h10** - 19h* - 19h30** (*somente sábado / **NÃO será exibida sábado)

Pitanga
(Brasil/2016)
Estreia - documentário - 113' - 12 anos
direção e roteiro: Beto Brant (Crime Delicado) e Camila Pitanga
elenco: Antonio Pitanga, Camila Pitanga, Caetano Veloso.
tema: vida e obra de Antônio Pitanga, ator de filmes importantes de cineastas como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr.
Cinespaço: 14h30 - 20h40

Smurfs e a Vila Perdida
Smurfs: The Lost Village (EUA/2017)
Estreia - animação - 89' - livre
direção: Kelly Asbury (Shrek 2)
roteiro: Stacey Harman e Pamela Ribon.
elenco (vozes): Ariel Winter, Julia Roberts, Joe Manganiello.
dublado:
Cine Roxy: 14h - 17h - 21h
Cinemark: 13h - 15h10 - 17h20 - 19h40
Brisamar: 15h45 - 17h - 21h
Roxy Anilinas: 19h30
3D dublado:
Cine Roxy: 15h - 19h
Cinemark: 12h20* - 13h30 - 14h30 - 15h40 - 18h - 20h10 (*somente sábado e domingo)
Brisamar: 15h - 19h
Roxy Anilinas: 15h

A Garota Desconhecida
La Fille Inconnue (Bélgica-França/2016)
2ª semana - drama/crime - 113' - 12 anos
direção: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne (O Garoto de Bicicleta)
roteiro: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
elenco: Adèle Haenel, Jérémie Renier, Olivier Bonnaud.
Cinespaço: 13h30 - 18h* (*NÃO será exibida quarta)

O Espaço Entre Nós
The Space Between Us (EUA/2017)
2ª semana - aventura/drama - 120' - 12 anos
direção: Peter Chelsom (Escrito nas Estrelas)
roteiro: Allan Loeb (Coisas que Perdemos pelo Caminho)
elenco: Gary Oldman, Asa Butterfield, Carla Gugino.
Cinemark: 14h

A Vigilante do Amanhã
Ghost in the Shell (EUA/2017)
2ª semana - ação/crime - 107' - 14 anos
direção: Rupert Sanders (Branca de Neve e o Caçador)
roteiro: Jamie Moss e William Wheeler, baseado em HQ de Masamune Shirow.
elenco: Scarlett Johansson, Pilou Asbæk, Takeshi Kitano.
legendado:
Cinemark: 22h10
3D legendado:
Roxy Pátio: 19h15 - 21h45
Cinemark: 21h30* (*NÃO será exibida quarta)
3D dublado:
Cinemark: 16h40
Brisamar: 21h15

O Ornitólogo
L'Ornithologue (Portugal-França-Brasil/2016)
Especial Sessão Vitrine - drama - 118' - 14 anos
direção: João Pedro Rodrigues (A Última Vez que Vi Macau)
roteiro: João Pedro Rodrigues (O Fantasma)
elenco: Paul Hamy, Xelo Cagiao, João Pedro Rodrigues.
Cinespaço: 19h30* (*somente quarta, com ingressos a R$12 e R$6)

O Poderoso Chefinho
The Boss Baby (EUA/2017)
2ª semana - animação - 97' - livre
direção: Tom McGrath (Madagascar)
roteiro: Michael McCullers, baseado em livro de Marla Frazee.
elenco (vozes): Alec Baldwin, Steve Buscemi, Jimmy Kimmel.
dublado:
Cine Roxy: 16h - 20h
Roxy Pátio: 15h15
Cinemark: 11h20* - 13h40** - 16h50*** - 18h20** - 19h10 (*somente sábado e domingo / **NÃO será exibida quarta / ***somente quarta)
Brisamar: 14h - 15h15 - 19h15
Roxy Anilinas: 14h30 - 16h30 - 19h - 21h
3D dublado:
Cine Roxy: 14h - 18h
Roxy Pátio: 17h15
Cinemark: 14h25* - 16h** - 20h40** (*somente quarta / **NÃO será exibida quarta)
Brisamar: 17h15

Fragmentado
Split (EUA/2016)
3ª semana - suspense/terror - 117' - 14 anos
direção: M. Night Shyamalan (Sinais)
roteiro: M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido)
elenco: James McAvoy, Anya Taylor-Joy, Haley Lu Richardson.
Roxy Pátio: 15h45 - 22h15
Cinemark: 20h - 22h35

Power Rangers
Power Rangers (Canadá-EUA/2017)
3ª semana - ação/aventura - 124' - 10 anos
direção: Dean Israelite (Projeto Almanaque)
roteiro: John Gatins (O Voo)
elenco: Dacre Montgomery, Naomi Scott, RJ Cyler.
legendado:
Cinemark: 22h20* (*NÃO será exibida quarta)
dublado:
Roxy Pátio: 18h
Cinemark: 16h50
Brisamar: 17h30

A Bela e a Fera
Beauty and the Beast (EUA/2017)
4ª semana - fantasia - 129' - 10 anos
direção: Bill Condon (Dreamgirls: Em Busca de um Sonho)
roteiro: Stephen Chbosky e Evan Spiliotopoulos.
elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans.
legendado:
Roxy Pátio: 14h30 - 17h - 19h30 - 22h
Cinemark: 13h20* (*somente terça)
dublado:
Cine Roxy: 14h - 16h30 - 19h - 21h30
Cinemark: 13h20* - 16h20 - 19h20 (*NÃO será exibida terça)
Brisamar: 15h - 16h30 - 17h30 - 20h - 21h30 - 22h15
3D legendado:
Cinemark: 17h40 - 21h10* - 0h** (*NÃO será exibida quarta / **somente sábado)
3D dublado:
Cine Roxy: 15h45 - 18h15 - 20h45
Cinemark: 11h30* - 14h20 (*somente sábado e domingo)
Brisamar: 14h - 19h

Logan
Logan (EUA/2017)
6ª semana - ação/drama/Sci-Fi - 137' - 16 anos
direção: James Mangold (Os Indomáveis)
roteiro: Scott Frank, James Mangold, Michael Green.
elenco: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen.
legendado:
Cinemark: 23h50* (*somente sábado)
dublado:
Cine Roxy: 22h
Brisamar: 19h45 - 22h15

Leia também