Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017
Estilo - 12/08/2017

Um toque de classe no hall do prédio

Fotos: Danielle Moraes Arquitetura

Além de valorizar o prédio e, consequentemente, o valor dos imóveis, a decoração deste ambiente demonstra, logo de cara, o nível do empreendimento

Bárbara Camargo - Da Redação

Impressionar na entrada é o principal objetivo de um hall de edifício bem planejado e decorado. Além de valorizar o prédio e, consequentemente, o valor dos imóveis, a decoração deste ambiente demonstra, logo de cara, o nível do empreendimento. 


Seja minimalista, clássica ou contemporânea, a decor do hall deve sempre acompanhar o projeto arquitetônico do edifício. Por esse motivo, contratar um arquiteto ou decorador, seja na fase de construção ou para dar uma repaginada em um hall antiquado, é fundamental. Entrevistamos a arquiteta Danielle Moraes, que dá algumas dicas sobre o assunto. Confira:


Segurança em primeiro lugar
O arquiteto ou decorador deve priorizar a segurança em seu projeto. Pisos escorregadios e tapetes, por exemplo, devem ser evitados em edifícios com alta circulação de idosos e crianças. Porcelanato acetinado ou piso antiderrapante podem ser opções interessantes. Outro cuidado é com as portas de vidro. “O ideal é sempre colocar uma faixa de sinalização para evitar acidentes”, explica a arquiteta.


Escolha dos materiais
“Materiais nobres não são necessários, mas se o edifício possui, em seu atual hall, mármore nas paredes (que era muito comum em edifícios mais antigos), acho interessante manter, como no caso do projeto da foto”.


Móveis e plantas adequados
A quantidade de móveis vai depender do tamanho do hall. “O importante é ter uma pequena recepção onde alguém possa sentar para esperar. Dê preferência aos sofás de tecido de fácil limpeza, como couro sintético. Os móveis de fibra são muito utilizados nos halls por sua resistência e durabilidade”, indica a arquiteta. Plantas dão vida aos ambientes e são muito bem-vindas. Opte por espécies naturais que possuam baixa manutenção. 


Espelho e cores claras para hall pequeno
Segundo a arquiteta, o uso de espelhos é um truque infalível para os halls com espaço reduzido, pois passam a sensação de amplitude. O mesmo acontece com a escolha de paleta de claras para o ambiente. “As cores que costumam sempre agradar são as neutras, como preto, branco e cinza. Porem a cor ‘areia’ também caiu no agrado geral, principalmente nos edifícios aqui do nosso litoral. Mas nada impede de colocar uma parede num tom mais forte para destacar”, indica a arquiteta.


Iluminação
Para a profissional, a iluminação é o que faz a diferença no projeto de um hall. “Deixar o ambiente com lâmpadas minidicroicas, com focos em quadros e plantas, dá um charme a mais. Também é possível optar pela lâmpada branca quente, que é uma luz mais amarelada, que traz aconchego”.
 

Serviço:
www.moraesarquitetura.com
Tel.: (13) 99762-1312