Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017
Colunistas - 07/12/2017

Christian Moreno

Christian Moreno é jornalista e assina a coluna "TV em Transe" desde 1999.

TV em Transe

Legendários não deixará saudades

TV Record

A atração comandada por Marcos Mion ficará na telinha até o final de dezembro

Após sete anos, a Record anunciou o fim da linha para o “Legendários”. A atração comandada por Marcos Mion ficará na telinha até o final de dezembro. Em março passado, o programa trocou o sábado pela sexta-feira, numa tentativa de dar mais audiência, mas o retorno não foi o esperado pela direção da rede.


O “Legendários” que sai do ar nada tem a ver com a atração que estreou em abril de 2010. A interessante proposta inicial de Mion era misturar humor, política, ecologia e variedades. O elenco tinha João Gordo, Maurício Meirelles e os comediantes do grupo Hermes & Renato, entre outros.


Com o passar do tempo, porém, o formato foi sendo modificado — e para pior. O processo continuou até o “Legendários” se tornar um programa de auditório dispensável como a maioria, cheio de gincanas reunindo artistas do momento e música de qualidade duvidosa.
 

Futuro 1 - Apesar do fim do programa, Marcos Mion segue na Record. Em 2018 ele vai apresentar a segunda temporada do reality "A Casa", além de comandar o novo núcleo de criação multiplataforma on demand, incluindo o desenvolvimento de atrações para novas mídias e investimentos do Grupo Record. Comenta-se que há uma remota hipótese de o "Legendários" retornar futuramente, mas no sistema de temporadas.


Futuro 2 - Ainda na Record, segue o impasse para a renovação de contrato do Gugu. Sua atração não permanecerá na grade da emissora. A cúpula quer que ele apresente um dos realities da casa, mais precisamente o barraqueiro "Power Couple". Isso já aconteceu com Xuxa, que assumiu o "Dancing Brasil", e agora ocorre com Marcos Mion. Porém, essa ideia não agrada ao apresentador. Caso não encontrem uma solução, Gugu pode mudar de ares. 


Futuro 3 - A sede por mudanças nos bastidores da Record deve-se ao fato de que, nos últimos cinco meses, a rede do bispo Macedo ficou atrás do SBT na média geral do ibope. Em novembro, o canal do Silvio Santos venceu por 5,4 contra 5,0 pontos. A ordem é reverter este quadro em 2018 o quanto antes.