Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Estilo/Estilo | 08/03/2018

Qual é o melhor tipo de macaco hidráulico?

Conteúdo Patrocinado*

Confira as principais características de cada um deles

Nenhuma ferramenta que necessite do emprego da força é tão eficaz como o macaco. O equipamento batizado assim em homenagem ao King Kong, poderoso símio dos cinemas, é muito utilizado em oficinas e utensílio obrigatório nos carros para troca de pneus. Além do setor automotivo, o macaco passou a ser atuante também em outras áreas, desempenhando diversos serviços.


O progresso tecnológico foi modificando a ferramenta e diversificando sua utilidade. Hoje é possível encontrar vários modelos no mercado, usados em reparo de carros, na indústria e logística. O macaco mecânico funciona por meio de engrenagem. Já a versão hidráulica deste equipamento (muito mais complexa) trabalha de acordo com a Lei de Pascal: “a pressão aplicada num ponto de um fluido em repouso transmite-se integralmente a todos os pontos do fluido”.


Detalhes técnicos à parte, muitas pessoas se perguntam qual é o melhor modelo de macaco. Este questionamento somente pode ser respondido com outra pergunta: para qual tipo de serviço o equipamento será empregado? Usar a ferramenta é importante para qualquer trabalho, mas quando estamos falando em erguer objetos muitos pesados, a escolha certa pode garantir eficiência e segurança para a tarefa realizada.
Para ajudar na sua escolha, selecionamos os principais modelos de macacos mostrando suas características e melhor usabilidade:


Macaco Mecânico
Possui um sistema simples de elevação por engrenagem acionada por alavanca, convertendo o movimento giratório em linear, com isso, criando uma ação de força entre a base e objeto a ser levantado. É um modelo barato e muito funcional, bastante utilizado em carros, tendo em vista que são leves e fáceis de guardar no porta-malas junto com o estepe. Também fazem parte do quadro de ferramentas de oficinas e centros de reparos automotivos. Veja suas principais variações:
Chicão
Sanfona
Joelho
Articulado
Macaco para para-choque

 

Macaco Jacaré
O macaco jacaré é o modelo mais utilizado em oficinas e borracharias. Sua base feita em uma plataforma baixa com rodas permite ser colocado com facilidade embaixo dos veículos. Por meio de um pedal, o carro pode ser erguido em poucos segundos, sem muito esforço do usuário. É um modelo hidráulico tão prático para carros que foi fabricado em uma versão menor para ser guardado no porta-malas.


Macaco Garrafa
É o mais clássico tipo de macaco hidráulico fabricado. Possui uma grande variedade de modelos que pode erguer objetos de duas a duzentas toneladas. Sua aplicação é muito diversificada, sendo a ferramenta ideal para erguer veículos utilitários como pick-ups e ônibus. Também pode levantar considerável quantidade de cargas. É visto comumente em obras e na construção naval, erguendo vigas e outros materiais extremamente pesados. São usadas como prensas hidráulicas ou esticadores para desempenar estruturas mais fortes.


Macaco Moleiro
É assim chamado pelo seu uso prático na troca de molas em veículos pesados como caminhões, carretas e ônibus. As molas nestes veículos são dispostas em feixes compostos de barras de aço achatadas. A ponta do macaco moleiro pode ter ou não garras para aderir no chassi. O lugar para colocar a alavanca fica na parte de fora, com isso, o usuário pode bombear sem precisar ficar embaixo do veículo, conferindo maior segurança. São equipamentos resistentes e que aguantam muito peso.


Macaco Tipo Unha
Tem esse nome porque é equipado com garras que servem para erguer cargas que estejam apoiadas a 20, 25 e 30 milímetros de altura do chão. Por isso são usados para elevar cargas como máquinas e equipamentos pesados próximos ao solo para instalar cavaletes, por exemplo. As “unhas” ficam na parte de baixo, porém, o topo da ferramenta pode ser utilizado como um macaco comum. Alguns modelos possuem um dispositivo de segurança que não permite exceder o limite da capacidade da ferramenta. 

 

*Este conteúdo é de responsabilidade do anunciante
 


Leia também