Notícias | 12/06/2018

Santos assina carta para clima e ar limpos

DA REDAÇÃO
FOTO: TADEU NASCIMENTO/PREFEITURA DE SANTOS

Santos é a primeira cidade brasileira, fora de uma capital de estado, a assinar a carta de adesão à Iniciativa da Coalizão Clima e Ar Limpos (Climate and Clean Air Coalition - CCAC).


A cerimônia de formalização, realizada nesta terça-feira (12), contou com a presença do secretário Marcos Libório e da gestora de projetos da Coalizão, nas cidades brasileiras, Gabriela Otero.


“Santos passa a figurar no mapa internacional das cidades comprometidas com uma gestão sustentável de resíduos sólidos e mudanças climáticas”, salienta Gabriela, explicando que, até o momento, cerca de 70 cidades pelo mundo já aderiram à iniciativa, criada em 2012. Além de Santos, no Brasil, já assinaram o documento as cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.


O documento será enviado à sede da CCAC, em Paris. Em seguida, a cidade enviará uma série de informações, passando a contar com apoio internacional para estudos e ações em projetos ligados às mudanças climáticas, à poluição atmosférica e a resíduos sólidos.   


A CCAC é uma iniciativa liderada pelos governos do Canadá, Japão, México e Estados Unidos, junto ao C40 (Grupo de Grandes Cidades para Liderança do Clima), a International Solid Waste Association (ISWA), a ONU (Programa para o Ambiente - Unep) e o Banco Mundial.

 

Menos desperdício
Santos também está entre as cidades brasileiras que menos desperdiçam água potável na distribuição — fica atrás apenas de Palmas (TO) e Limeira (SP) (segundo lugar). 


O nível de perdas no município é de 17% em relação ao volume e de 18% sobre o faturamento, enquanto que a média brasileira é de 38,01% e de 38,53%, respectivamente. 


Os dados são de um levantamento do Movimento Menos Perda, Mais Água, do Pacto Global, iniciativa da Organização das Nações Unidas, divulgado durante evento “Perdas de água: desafios ao avanço do saneamento básico e à escassez hídrica”, como parte da Semana Mundial do Meio Ambiente.
 


Leia também