Cultura | 24/09/2018

Rosinha Mastrângelo é tema de biografia lançada no Teatro Guarany

Poeta ocupou cadeira 36 da Academia Feminina de Ciências, Letras e Artes de Santos

As memórias e obras da jornalista, radialista, cronista, poeta, crítica teatral e teatróloga santista Rosinha Mastrângelo têm seu primeiro registro no livro Rosinha Mastrângelo – Nas Pistas de uma Construtora de Sonhos. Escrita pela historiadora Karime Moussalli Antigo, a obra tem coquetel de lançamento no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico) no próximo dia 5, às 19h.

 

Contemplada em primeiro lugar no 6º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes, o livro nasceu na época em que Karime estudava teatro. A curiosidade e paixão por Rosinha continuaram até a época da graduação. Assim a artista tornou-se o tema de seu Trabalho de Conclusão de Curso.

 

Sobre Rosinha Mastrângelo 

Patrona da cadeira número 36 da Academia Feminina de Ciências, Letras e Artes de Santos (AFCLAS), Rosinha di Nájoli Mastrangelo nasceu no dia 3 de maio de 1911. Iniciou seu trabalho como jornalista, em 1932, sendo uma das primeiras mulheres a trabalhar no jornal O Estado de São Paulo. 

 

Faleceu na madrugada do dia 17 de setembro de 1986. Em homenagem póstuma, no dia 1º de setembro de 1992, durante o Festival Santista de Teatro (Festa), Rosinha Mastrângelo virou nome de teatro público. 
 


Leia também