Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cotidiano/Comportamento | 07/03/2019

Seu ano só começa depois do Carnaval?

DA REDAÇÃO

Então, agora é hora colocar em prática os planos e as decisões para o "novo" ano

Passada a ressaca do Carnaval é hora de começar efetivamente o ano, certo? Para boa parte dos brasileiros, esta é a lógica que funciona para correr atrás e colocar em prática os planos e as decisões para o novo ano, sejam no campo profissional sejam de caráter pessoal. E não se trata apenas de um comportamento individual, tipo mudança de emprego, troca de carro, resolver um relacionamento, dar um tapa no visual e por aí vai.

 

No Brasil, a frase "depois do Carnaval" é uma espécie de senha nacional que avisa os políticos, a televisão, as escolas, o empresariado, a sociedade em geral que é dado o pontapé inicial para o ano civil. 


Quem já tem um plano em mente, deve colocar no foco de sua ação; quem ainda não sabe o que quer, pode aproveitar o momento e refletir sobre o que deseja para os próximos meses, investindo nesse propósito.


Fácil de falar e, para muitos, difícil de fazer. "Se as metas não foram criadas com método adequado que altere o sistema de hábitos e crenças pessoais, terão grandes chances de não serem cumpridas", informa o médico e psicólogo Roberto Debski, da Clínica Ser Integral, trainer internacional em PNL (Programação NeuroLinguística).

 

A PNL estuda como criamos nossos pensamentos e sentimentos, estados emocionais e comportamentos, e nos mostra como podemos agir para prontamente direcionar e modificar estes padrões. Segundo Roberto Debski, o foco ou onde colocamos nossa energia e nossa atenção e é o que determinará o que atrairemos.


"Modificar seus hábitos e crenças pessoais limitantes é um passo fundamental e se consegue através de insights, transformações de compreensão a respeito de sua própria vida, que podem ocorrer espontaneamente, despertados pela leitura, pelo aprendizado e experiências de vida ou através da ajuda de um profissional", diz.

 

Comece cuidando do corpo e da mente

Roberto Debski explica que nosso emocional afeta diretamente nosso físico. "A mente não se encontra somente no cérebro, e sim em todo o corpo, e se alguém está depressivo, não é somente nas emoções, mas todas as células de seu organismo também encontram-se depressivas, inclusive o sistema imunológico, o que acarreta queda da imunidade e resistência, levando a doenças diversas". O estresse crônico debilita as funções psicológicas, neurológicas, imunes e endócrinas e pode desencadear as doenças crônico-degenerativas que acometem o ser humano na atualidade, trazendo grandes limitações e sofrimento.

 

Elabore e planeje metas 

Isso aumenta a sensação de controle de nossa postura, foco de atenção, comprometimento e, principalmente, de nossa ação, condições essenciais para o bem-estar, afirma o médico. "Os projetos, metas e ideais norteiam nosso caminho na vida, mas é preciso ter flexibilidade ou alternativas, para não haver decepções e perda de motivação durante o trajeto".

 

Gerencie o estresse

Devemos ter em mente sempre o sentido de nossas vidas, mudar a maneira como a encaramos, buscando o otimismo, o bom humor, a flexibilidade física e mental, os relacionamentos afetivos que proporcionem crescimento para todos os envolvidos.

 

Adote estilo saudável

A conquista da saúde e da qualidade de vida depende diretamente das escolhas que fazemos. Invista em bons hábitos e num estilo de vida saudável, com uma alimentação equilibrada, atividade física regular e prazerosa, evitando drogas que interferem no equilíbrio corpo-mente, sejam ilícitas ou lícitas.

 

Escreva para não esquecer

Escrever as metas em um lugar e ler periodicamente faz com que elas se mantenham no foco de sua atenção, o que aumenta a probabilidade de efetivá-las.

 

Afaste-se desses inimigos

A acomodação, a permissividade, as desculpas, o responsabilizar os outros por nossas vidas, por nosso sofrimento e fracassos, a falta de atitude e de se responsabilizar por sua própria existência são grandes inimigos de uma vida saudável, plena e feliz. Assumir sua existência através de suas escolhas e atitudes pode dar trabalho, mas vale muito a pena. A vida passa muito rapidamente e só temos o hoje para mudar.


Leia também