Notícias/Local | 22/03/2019

Madrugada em Santos teve a maré mais elevada do ano

A madrugada de quarta (20) para quinta-feira (21) registrou a maré mais elevada do ano na Cidade. De acordo com o Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas da Unisanta, os sensores da Praticagem de São Paulo registraram a altura máxima de 2,36 metros no interior do estuário de Santos, o que ocorreu 4h10 da manhã. Desde agosto de 2018, o município não atingia este nível. Na ocasião, a medição chegou a 2,42 metros.

 

O fenômeno gerou alagamentos, em especial na Zona Noroeste, principalmente por conta da ocorrência das chuvas.

 

Durante a tarde de quinta, a elevação da maré foi um pouco inferior ao índice registrado na madrugada, mas ainda elevada, atingindo 2,17 metros. A partir de sexta, os modelos numéricos indicam diminuição gradativa do nível da maré e da incidência de chuvas.

 

De acordo com o Plano Municipal de Contingência para Ressacas e Inundações de Santos, o estado de atenção permanece, devido à previsão de maré acima de 2 metros. 


Com relação às ondas, a previsão da Marinha do Brasil é que a agitação marítima se mantenha até sexta, no entanto as ondulações não devem ultrapassar dois metros. Não são esperados impactos nas estruturas urbanas, devido à intensidade e direção preferencial das ondas.

 

Foto: Arquivo/Jornal da Orla


Leia também