Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cultura/Roteiro Cultural | 30/03/2019

Roteiro Cultural: saiba o que fazer em Santos

DA REDAÇÃO

O Coletivo Quizumba apresenta, no domingo (31), a Pequena história de um tempo sem memória.

Teatro

Crianças – No Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida), o Coletivo Quizumba apresenta, domingo (31), às 17h, a “Pequena história de um tempo sem memória”. Nele, a ave Marabu pousa em uma vila com a intenção de comprar um terreno. As pessoas do local acreditam que ela pode trazer mau-agouro e lhe negam acolhida. Ingressos: de R$ 5 a R$ 17.

 

Circuito Sesc – Uma caravana com 490 artistas de diversos lugares do Brasil e do mundo, divididos em 14 roteiros, se prepara para viajar pelo estado de São Paulo na 11ª edição do Circuito Sesc de Artes. Com atividades de artes visuais, circo, cinema, dança, música, teatro, literatura e tecnologia e artes, o evento acontece até 14 de abril, em Cubatão, Peruíbe, Bertioga, Mongaguá, São Vicente e Guarujá. Confira a programação completa no site.

 

Monólogos – De 3 a 5 de abril acontece a pequena mostra de monólogos “Abril pra Cena” no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). São cinco espetáculos r produzidos por artistas da Baixada Santista. A abertura será às 20h, com “O suicídio mais bonito do mundo”. Os ingressos são no sistema Pague Quanto Puder.

 

Stela do Patrocínio

Com direção e dramaturgia de Elias Andreato, o espetáculo “Palavra de Stela”, inspirado na vida e na obra de Stela do Patrocínio, vem a Santos neste sábado (30), às 20h, e domingo (31), às 19h, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro). Na peça, a atriz Cleide Queiroz interpreta Stela, poeta nascida na década de 40 que, diagnosticada como psicopata e esquizofrênica, passou por mais de 30 instituições psiquiátricas e desenvolveu um discurso de alto teor poético. A entrada é gratuita, com retirada de ingressos na bilheteria do teatro uma hora antes da apresentação. Foto: João Caldas/Divulgação

 

Balé

O Balé da Cidade de Santos faz apresentação especial do espetáculo “Malandragem” em prol da ong Estrela Milinha. Conduzido pelas letras e melodias de Noel Rosa e Adoniran Barbosa, a peça traz o samba sob o prisma da cultura popular, onde corpo de bailado se deixa envolver pela cadência do ritmo, explorando a ginga brasileira. A apresentação será em 12 de abril, às 21h, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro). Ingressos: R$ 60. Foto: Tito Wagner

 

Palhaços – Para quem quer dar boas risadas neste fim de semana, a dica é o espetáculo “Bufonarias II”, que será apresentado neste domingo (31), a partir das 10h, na Concha Acústica Vicente de Carvalho (orla do Gonzaga). A produção da Trupe Olho da Rua é conduzida por três palhaços: Fusquinha, Tangará e Farofa Fofa que, entre muitas confusões, ressaltam a importância da amizade. Gratuito. Será cancelado caso de chuva.

 

Fábula Urbana

A Trupe DuNavô apresenta o premiado espetáculo “Refugo Urbano”, nos dias 12, às 15h e 13/4, às 16h, no Sesi Santos (Av. Nossa Senhora de Fátima, 366, Santa Maria). A peça é uma delicada fábula urbana que promete encantar adultos e crianças com uma “quase” história de amor entre palhaços. Entrada franca. Foto: Sissy Eiko

 

Leitura
RPG –
Gibiteca Marcel Rodrigues Paes (orla do Boqueirão) recebe neste sábado (30), às 15h, mais uma edição do Encontro de RPG: Adventurer’s League D&D. A ação é realizada pelo projeto Contos Lúdicos. Entrada franca.

 

Contos – Alexandre Camilo convida o público a mergulhar em uma história de seres mitológicos ligados à água neste sábado (30), às 15h30, na Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão). Gratuito. 

 

Memórias – A contadora de história Camila Genaro e o cineasta Dino Menezes realizam neste sábado (30), às 14h30, o encontro Narrar e Ouvir: Memórias Coletivas de Santos, no Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos (Rua Alan Cíber Pinto, 96, Vila São Jorge). O evento traz a exibição comentada do documentário “História Oral da Gente de Santos”, seguida da oficina sobre como contar e preservar histórias. Gratuito.

 

Cinema
Cine Arte

Produção nacional dirigida por Ricardo Elias, o longa-metragem “Maré Nostrum” é uma história sobre laços parentais. O drama traz Roberto (Silvio Guindane) e Mitsuo (Ricardo Oshiro), dois desconhecidos que, após uma série de coincidências, voltam para o Brasil no mesmo dia, depois de um longo tempo no exterior. Um terreno, que foi negociado por seus pais décadas atrás, vira o motivo do encontro dos dois. Em cartaz no Cine Arte Posto 4 (orla do Gonzaga) até 3 de abril, em sessões às 16h, 18h30 e 21h. Ingressos: R$ 3. Foto: Reprodução

 

Star Trek – Realizado pelo grupo Star Trek Baixada Santista, o Clube do Episódio vai à  Cinemateca de Santos (Rua Ministro Xavier de Toledo, 42, Campo Grande) neste domingo (31), às 19h. A proposta é exibir capítulos da franquia criada por Gene Roddenberry e depois ter um bate-papo pra dividir experiências e opiniões. Cinemateca de Santos. Entrada gratuita.

 

Oscar no Miss – O ciclo segue homenageando o mestre do suspense Alfred Hitchcock com a exibição de “Ladrão de Casaca”, na terça-feira (2), às 18h3, no MISS (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Dirigido pelo mestre do suspense, o filme traz a história do ex-ladrão de joias John Robie (Cary Grant). Gratuito.

 

Musicais – Parceria entre o coral cênico Broadway Voices e o Museu da Imagem e do Som de Santos (Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias), o Cine BV exibe o clássico musical “Meus dois carinhos”, na quarta-feira (3), às 19h20. Na história, Joey Evans, um cantor de segunda categoria charmoso e mulherengo, tem o sonho de abrir sua própria casa noturna. Apaixonado pela corista Linda English, ele flerta com uma viúva rica para convencê-la a financiar o negócio. Entrada gratuita.

 

Música
Tim Maia

O cantor Leo Maia sobe ao palco do Café Central (Rua Frei Gaspar, 43, Centro), neste sábado (30), às 22h, trazendo uma releitura dos grandes sucessos do inesquecível Tim Maia. Ele se apresentará junto com a banda santista Carlos Bronson. Ingressos: R$ 40. Informações: (13) 97420-3255. Foto: Divulgação

 

Mutinho

O cantor e compositor faz duas apresentações na terça-feira (2/4), às 15h30 e 20h, no Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida). A primeira apresentação será um pocket show com Bruno De La Rosa. Mais tarde, ele toca canções do seu disco “Meu segredo”. Gratuito. Foto: Alberto Whyte

 

Anitta

Em 12 de abril, a partir das 21h, no Arcos do Valongo, o Festival Tô Dentro traz a Santos a cantora que é um verdadeiro fenômeno tanto no Brasil quanto na América Latina: Anitta. Na programação da noite também está um dos principais grupos de pagode do país, Exaltasamba, além do grupo WC no Beat, Bruno Martini e DJs da região. Ingressos estão à venda no site BlackTag. Foto: Divulgação

 

Pinacoteca – O espaço (Av. Bartolomeu Gusmão, 15, Boqueirão) abriga, no domingo (31), às 17h, homenagens ao maestro e professor Antonio Manzione, com artistas solo do violão e suas interpretações de sucessos da música popular. Entrada franca.

 

Fado – A Noite de Fado, evento tipicamente português promovido pelo restaurante Tasca do Porto (Rua XV de Novembro, 112, Centro), acontece neste sábado (30), a partir das 20h, com a fadista Marly Gonçalves. Entrada: R$ 20.

 

ABBA – A turnê “ABBA The Show” vem a Santos em 26 de abril, às 22h, no Mendes Convention Center (Av. Francisco Glicério, 206, Campo Grande). Este tributo tem a participação de membros da Orquestra Sinfônica de Londres. Ingressos:  de R$ 120 a R$ 300, à venda pelo site Guichê Web. 

 

Orquestra – No sábado (6/4), às 17h, o Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias) recebe apresentação de 10 anos da orquestra PROMUVI – Projeto Música Transformando Vidas, composta por músicos portadores de deficiências visuais. No programa, Beatles, Mozart, Chico Buarque de Holanda, Milton Nascimento, Beethoven, Pink Floyd e Roberto Carlos. A entrada é franca.

 

Pagode

Os grupos Sorriso Maroto e Pixote retornam a Santos para um super show em paco 360 graus, no dia 20 de abril, às 22h, na Associação Atlética dos Portuários (Rua Joaquim Távora, 424, Marapé). Na ocasião, Sorriso apresenta canções do novo projeto “Ao cubo, ao vivo, em cores”. Já Pixote toca seus sucessos que embalam gerações. Ingressos: de R$ 30 (pista) a R$ 1.500 (camarote), à venda no site Guichê Web. Foto: Divulgação

 

Exposição
 “Entrelaçamentos” –
Inspirada nas histórias femininas da mitologia grega, da era industrial e do conceito filosófico de que todos nós estamos ligados por uma teia invisível, a exposição Entrelaçamentos, da artista plástica Regina Helene, traz a diversidade de formas, cores e volumes da tecelagem. Visitação até domingo (31), de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h. Galeria de Arte Braz Cubas (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Entrada gratuita.

 

Gravura

A mostra individual da artista Rachel Midori, “Horizontes imaginários” está no Gravurar - Espaço Gráfico (Rua Anhanguera, 18, Vila Mathias). Nela, Rachel apresenta ao público um recorte de sua obra gráfica dentro de seu olhar poético sobre as paisagens, em gravura, utilizando matrizes de diversos materiais como madeira, metal e policarbonato. Visitação: até abril, de terça a sexta, das 14h as 17h30. Grátis. Foto: Reprodução

 

Instalações – O artista plástico Sérgio Régis Martins leva à Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão) sua mostra “Pequenas instalações e grandes formatos”. São peças e telas que têm como referência artistas consagrados como Anish Kapoor, Andy Warhol, Cândido Portinari e Hélio Oiticica. A visitação ocorre até domingo (31), com entrada franca.

 

Mulheres

As artistas Petyta Reis e Bia Silva unem exposições fotográficas no Museu da Imagem e do Som de Santos (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). As imagens, que abordam temas como a violência contra a mulher e depressão, podem ser conferidas até 5 de abril. Visitação de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h. Entrada gratuita. Foto: Petyta Reis

 

“Pianistas de armazém” – Figuras essenciais no setor, as mulheres que exerceram uma das práticas mais importantes no elo da cadeia exportadora do café — a catação — são o destaque da exposição temporária do Museu do Café (Rua XV de novembro, 95, Centro). Intitulada “Pianistas de armazém: trabalho feminino na catação de café”, a mostra reúne recursos audiovisuais e um ambiente temático, reproduzindo elementos cenográficos de um armazém de catação. Visitação: até abril, de terça a domingo. Ingressos: R$ 10. Informações: (13) 3213-1750.

 

“O que forma a mulher?” – ??????? A exposição de Renata Gulla vem da inspiração de palavras que jamais ficariam juntas: fragilidade e forca, dedicação e sofrimento, amor e dor, alegria e tristeza, perfeição e imperfeição, compaixão e morte, busca e perda, carinho e desprezo, consciente e inconsciente. Aberta ao público na Pinacoteca Benedicto Calixto (Av. Bartolomeu de Gusmão, 15, Boqueirão). Visitação até domingo (31), , das 9h às 18h. Gratuita.

 

“A bola” – O Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre, 1, Valongo) abriga a exposição do artista plástico cearense Alemberg Quindins. Composta por 20 obras em acrílico sobre tela ressalta a importância da bola na infância e nos campo de futebol. Visitação: até 25 de abril.

 

Foto: Divulgação


Leia também