Gastronomia/Receitas | 30/03/2019

Dicas para escolher o azeite

Capaz de requintar pratos já deliciosos, decisivo no preparo de pratos emblemáticos como o bacalhau ou ideal para enriquecer o sabor de uma salada, o azeite é um dos queridinhos de quem aprecia uma boa mesa. Confira algumas dicas para escolher os melhores produtos:

 

1. Prefira os azeites de embalagem escura e de vidro: A luz direta faz o produto perder suas características originais (aroma, cor e sabor) e propriedades nutricionais.

 

2. Confira se o azeite é puro, sem misturas com outros azeites ou óleos: Muitos produtos não são puros, mas sim mistura com outros óleos, como de soja. Esta informação consta na embalagem. Um indicativo de que trata-se de uma mistura é o preço —bem inferior ao do azeite puro.

 

3. Diferente do vinho, não existe “azeite de guarda”: O recomendável é consumi-lo nos primeiros 12 meses após o engarrafamento. Após longos períodos armazenado, o azeite perde suas características de aroma, sabor e visual. Ele deve ser armazenado em lugar fresco, sem odores, longe da luz direta do sol, a uma temperatura máxima de 18 graus.
 

Extra Virgem- Azeite de qualidade superior, com sabor e cheiro intensos a azeitona sã. Acidez igual ou inferior a 0,8%. Com sabor mais suave, é ideal para o tempero de saladas e alimentos com sabor mais sutis.


 
Virgem-  Com sabor e cheiro a azeitona sã. Acidez igual ou inferior a 2%. São apropriados para assados, sopas, refogados ou marinadas. 


Leia também

Gastronomia | 24/08/2019
Gastronomia | 17/08/2019