Cotidiano/Saúde | 13/04/2019

Atividade evita efeitos adversos do ciclo menstrual

Mulheres que fazem exercícios físicos com regularidade sentem menos os efeitos do ciclo menstrual. É o que revela um estudo realizado pela Universidade St. Mary, no Reino Unido.

 

Segundo o estudo, 78% das mulheres dizem que a atividade física moderada reduziu sintomas como cólicas, irritabilidade, enjoos e fadiga.

 

As pesquisadas relataram que o exercício de intensidade moderada (atividade em que a respiração é difícil, mas permite manter uma conversa) é mais eficaz na redução dos sintomas causados pela variação hormonal do ciclo menstrual.

 

É um assunto que afeta diretamente não só a mulher, mas sua família e até mesmo o seu ambiente profissional. Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que uma em cada três mulheres já perdeu dias de trabalho por conta do ciclo menstrual, sendo que no Brasil são mais de 40%.

 

A entidade internacional também informa que mulheres ativas e que comem cinco ou mais porções de frutas e vegetais por dia têm menor probabilidade de perder dias de trabalho devido aos sintomas do ciclo menstrual. 

 

Além disso, a mulher que pratica atividade física dorme melhor, o que também contribui para a redução dos sintomas.

 

Foto: sxc.hu


Leia também