Turismo/Manual do Viajante | 20/04/2019

A fé move multidões pelo mundo

A Semana é Santa para os cristãos e, mesmo em outras épocas do ano, eles costumam realizar peregrinações para lugares sagrados em seu credo. Mas diversas outras religiões também possuem lugares onde professam e renovam sua fé. Algumas cidades são importantes para mais de uma religião: o exemplo máximo é Jerusalém, local emblemático para cristãos, judeus e muçulmanos. Podem até duvidar de que “a fé move montanhas”, mas é certo de que ela move multidões: levantamento da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc) revela que o turismo religioso movimenta, por ano, cerca de 330 milhões de pessoas ao redor do mundo. 

 

Templo de Borobudur (Indonésia)

Considerado o maior monumento budista do mundo, está localizado no Vale do Kendu com 64 hectares de extensão. Hoje considerado o principal ponto turístico da Indonésia, é Patrimônio Mundial da Unesco desde 1991. Foi construído em meados do ano de 780 com materiais de origem vulcânica. Inicialmente foi construiido para ser um local de práticas do hinduísmo, até que no século XV, as práticas budistas se tornaram a principal atividade.

 

Meca (Arábia Saudita)


De acordo com o Alcorão, todo muçulmano deve peregrinar pelo menos uma vez na vida até Meca, cidade sagrada em que o profeta Maomé nasceu e morreu. Dentro da mesquita sagrada de Al-Haram, está localizado a Caaba, o enorme cubo preto com mais de 15 metros de altura onde é considerado pelos devotos do Islã como o lugar mais sagrado do mundo. Para um passeio mais calmo, a cidade de Medina, onde o profeta se exilou, possui outras grandes mesquitas importantes.

 

Jerusalém (Israel/Palestina)
Uma das cidades mais antigas do mundo, é considerada sagrada por milhões de cristãos, judeus e muçulmanos que visitam a “Terra Santa” ano após ano. Atual capital de Israel, possui locais distintos, importantes para cada uma dessas religiões. Para os muçulmanos, é a mesquita de Al-Aqsa, renomada por seu domo dourado. Para os judeus, o Muro das Lamentações, que também recebe a presença dos cristãos. Outro local obrigatório da cidade é o Monte das Oliveiras, onde acredita-se que Maomé teria subido aos céus e Jesus ascendido após a crucificação.

 

Varanasi (Índia)


É a cidade mais sagrada para o Hinduísmo, religião com mais de 750 milhões de fiéis. O local é dedicado ao deus Shiva, que representa a criação a destruição de tudo que existe. Fica localizado na margem do rio Ganges, é o principal local de rituais hindus, como oferendas, rezas, entre outros costumes da religião. Perto dali se encontra uma pequena cidade chamada Khajuraho, local famoso pelos “templos de Kama Sutra”, casas com esculturas eróticas. O turista que visitar os templos terão que prestar muita atenção, já que as tais esculturas se misturam com cenas do cotidiano da região.

 

Fotos: Divulgação
 


Leia também