Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Esportes | 26/04/2019

Equidade no esporte: premiação em competições deve ser igual para mulheres e homens em Santos

Homens e mulheres têm direito à mesma premiação (financeira ou simbólica) em competições esportivas realizadas em Santos. A lei, que garante a igualdade, foi sancionada pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa no início de abril, após aprovação pela Câmara da proposta do vereador Rui de Rosis. 

 

A atleta Angelina Rafael, campeã da edição de 2018 do Campeonato Santista de Pedestrianismo e que já defendeu a Cidade em diversas provas no Brasil e no exterior, comemora o tratamento igual. 

 

“Muitas vezes, a premiação era diferenciada, não somente na região, mas também fora. Era triste treinar tanto, vencer a mesma prova, ganhar a mesma medalha, mas levar uma premiação menor por ser mulher. Acho importante essa lei no Município, deveria ser nacional”. 

 

O descumprimento da lei acarreta multa aos organizadores do evento ou competição no valor de 10 vezes a diferença da premiação de homens e mulheres. Os valores arrecadados pelo descumprimento serão aplicados pela Secretaria de Esportes de Santos (Semes) em ações de estímulo a práticas esportivas femininas, preferencialmente.

 

Foto: Susan Hortas/PMS


Leia também