Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cotidiano/Saúde | 15/06/2019

Necessidade de sangue novo

Apenas 1,6% dos brasileiros doam sangue. E, destes, cerca de 60% são voluntários e roteiros, isto é, doam com frequência sem se importar em relação a quem receberá o sangue. Os 40% restantes são doadores ocasionais, que só o fazem por razões pessoas —quando um parente está precisando de sangue. Os dados são do Ministério da Saúde.

 

Com o objetivo de aumentar o número de doadores frequentes, está sendo realizada a campanha Junho Vermelho — em 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. Uma única doação de sangue é capaz de ajudar a salvar quatro vidas, em cirurgias ou transfusões sanguíneas.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que cada país deve ter entre 3% a 5% de doadores de sangue frequentes —na Europa, este índice chega a 7%. A situação é ainda mais desalentadora: pesquisa do Datafolha feita em 2017, a pedido do Movimento Eu Dou Sangue, revelou que 39% dos brasileiros não sabem qual o seu tipo sanguíneo.

 

Quem pode doar sangue

• Estar em boas condições de saúde
• Pesar no mínimo 50kg
• Não estar em jejum
• Estar alimentado, porém deve aguardar 2 horas após o almoço, e 1 hora após o lanche, além de evitar alimentos gordurosos
• Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas que antecedem a doação
• Não fumar por 2 horas antes da doação e na primeira hora após a doação
• Estar descansado e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas
• Quem tomou vacina de vírus vivos atenuados (como a febre amarela) deve esperar 30 dias para a doação; já no caso de vacinas de vírus mortos (contra a gripe, por exemplo), o prazo é de uma semana
• Menores de 18 anos e maiores de 16 anos podem doar, mas precisam estar acompanhados dos responsáveis, ou com formulário de autorização 
• Apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial
• A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e três para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para homens e de três meses para mulheres.

 

Onde doar
Santa Casa de Santos
Av. Dr. Cláudio Luiz da Costa, 50, Jabaquara)
De segunda a sexta, das 7h às 14h, e sábado, das 7h às 11h. TElefone: 3202-0600.

 

Hemonúcleo (Hospital Guilherme Álvaro)
Rua Oswaldo Cruz, 197, Boqueirão
De segunda a sábado, das 8h às 12h30. Telefone: 3223-2860.

 

Casa de Saúde 
Rua Armando de Salles Oliveira, 138, Boqueirão
De segunda a sexta, das 7h às 15h. Telefone: 3202-7900.

 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


Leia também