Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Esportes | 03/12/2019

Vanessa Cristina fica em quarto lugar na Maratona de Cingapura

Com o quarto lugar na maratona de Cingapura, na noite de sábado (30), a paratleta cadeirante Vanessa Cristina (Laboratório Cellula Mater/ Unimes/ Mariana Penatti Nutri/Clínica Jankauskas/Dermaformula/Instituto Legacy/Probiótica), da equipe Fast Wheels/Semes/Fupes, encerrou a série três maratonas em 30 dias. A australiana Madison De Rozario foi a campeã.

 

Vanessa comentou o resultado. “Claro que estou feliz por conseguir uma excelente colocação, mas poderia ainda ter sido ainda melhor. Até os 38 km (a maratona tem 42 km) estava brigando pelo primeiro lugar, mas infelizmente meu aro esquerdo começou a escorregar e me fez perder rendimento”.

 

Agora, a santista passa por um período de descanso por 15 dias, quando volta então sua preparação para a São Silvestre, no dia 31. Em São Paulo, vai em busca do terceiro título consecutivo. Na última edição, foi a melhor cadeirante entre homens e mulheres.

 

Para o técnico Eduardo Leonel, o desafio foi cumprido com sucesso. “Três maratonas em menos de um mês nunca é o ideal, principalmente com viagens longas. Mesmo assim, mostramos ser possível com uma carga de treinos adequada. Foram bons resultados, poderiam ser até melhores, não fosse o problema na cadeira”.

 

Tóqui 2020
O grande objetivo da Vanessa Cristina é estar nos Jogos Paralímpicos de 2020. Para isso, tem a até maio do ano que vem para buscar o índice de 1h39min. Além de quarto lugar em Cingapura, ficou em sexto na Maratona de Nova York e em quarto na de Oita, no Japão. Na próxima temporada, já está confirmada para correr em abril as maratonas de Boston e Londres.

 

Foto: Arquivo Pessoal


Leia também