Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cultura/Leitura | 16/01/2020

Gibiteca de Santos oferece mais de 35 mil títulos para leitura gratuita

Em pleno principal cartão postal de Santos, a praia, amantes das histórias em quadrinhos contam com um espaço especial. A Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes (Posto 5 - orla do Boqueirão, próximo à Av. Conselheiro Nébias) conta com mais de 35 mil títulos no acervo, uma atração tanto para moradores quanto para turistas, independentemente da idade.


Inaugurada em 1992, a Gibiteca é uma das mais antigas do Brasil. Fanzines, mangás, obras infantis e de autores independentes compõem o acervo variado. Além dos títulos, são realizadas diversas atividades ao longo do ano, como exposições, lançamentos, debates, bate-papos, grupos de RPG e o cine HQ, onde são projetados filmes e há debates sobre o assunto.


Os quadrinhos da Turma da Mônica e de super-heróis, como de grandes editoras como DC e Marvel, são as atrações principais. Mas o exemplar mais antigo do acervo é um almanaque do Tico-Tico, um dos primeiros personagens de HQs do Brasil, datado de 1936.


Mesmo vivendo entre São Paulo e Santos, o santista Reinaldo Garcia, 55 anos, frequenta o espaço quase todos os dias, desde 2017. Conta que considera um lugar confortável para ler e que é apaixonado pelas edições clássicas da Gibiteca. “As pessoas vêm por curiosidade e acabam resgatando lembranças”.


“É uma biblioteca pública na beira da praia, com acervo grande e muitos títulos raros. Aqui nós temos até edições do Gibi, o título que popularizou as revistas em quadrinhos no Brasil. Acho que esse é o diferencial”, disse a agente cultural e responsável pela curadoria de eventos da Gibiteca, Narayana Mamede.


A biblioteca é climatizada e a entrada é gratuita. O horário de funcionamento é das 9h às 19h, de segunda a sábado, e das 9h às 13h no domingo.

 


Leia também