Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Regional | 03/04/2020

Idosa do Lar Vicentino completa 100 anos

A memória e a percepção do mundo já não as mesmas. A idade avançada lhe impõe uma série de limites, ela já não anda sozinha e necessita de muitos cuidados e tratamentos médicos para o corpo e a mente já consumida pela demência, mas a sua vaidade permanece intacta, imune aos assombros da decrepitude. Maria Joana da Fonseca Santos completará 100 anos de idade no próximo dia 11. Residente no Lar Vicentino Assistência à Velhice, em São Vicente, Dona Joana, como é chamada por todos, não participa de nenhuma festa ou posa para uma foto sem estar bonita para a ocasião. Ela sempre se importa com a sua aparência e também não dispensa um batom. 


Dona Joana mudou-se para o Lar Vicentino no dia 31 de agosto de 2016, voltando ao convívio da família em dezembro daquele ano. Porém, retornou à instituição em 3 de abril de 2017.          


Dona Joana nasceu no dia 11 de abril de 1920, em Campo de Brito, uma pequena cidade localizada a 64 km de distância da capital Aracaju, no estado de Sergipe, Região Nordeste. Não pôde estudar e começou a trabalhar na roça aos 12 anos de idade, onde permaneceu até os 24 anos. Aos 18 anos, Joana casou-se e teve o seu único filho José. O casamento durou três anos. 


Aos 30 anos, Dona Joana se mudou para São Vicente. José ficou em Sergipe. Para garantir o seu sustento, ela começou a trabalhar como empregada doméstica e copeira até conhecer Francisco, em quem encontrou apoio, amor e uma nova família. Francisco já tinha quatro filhos. Joana viveu com Francisco por 18 anos e ajudou a cuidar dos enteados. Eles nunca se casaram. 


Distanciamento social
Vale ressaltar que o Lar Vicentino segue rigorosamente as recomendações do Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde devido à pandemia de Covid-19, causada pelo coronavírus. As visitas de familiares e voluntários estão suspensas por tempo indeterminado, todos os funcionários trabalham com EPIs e foram instalados dispensers contendo álcool em gel para a higienização das mãos em pontos de circulação de pessoas. 


Lar Vicentino faz 70 anos
O Lar Vicentino Assistência à Velhice completa 70 anos de fundação no próximo dia 13 de abril. Fundado em 1950, a instituição é referência no asilamento de idosos na Baixada Santista. 


O Lar Vicentino oferece moradia por tempo determinado ou de longa permanência para pessoas a partir de 60 anos de idade. A sua capacidade é para 60 idosos e recebe moradores da Baixada Santista e de outras cidades do Estado de São Paulo. 


A casa de repouso conta com equipe multiprofissional que reúne profissionais de Medicina Geriátrica, Enfermagem, Serviço Social, Nutrição e Educação Física, que prestam atendimento e a assistência necessária aos idosos. 


É uma instituição reconhecida como de utilidade pública e funciona com auxílio dos governos municipal, estadual e federal por meio de convênios, contribuições voluntárias e doações da coletividade.


O Lar Vicentino Assistência à Velhice é uma casa de repouso localizada na Rua Carijós, n0 139, no Parque São Vicente, em São Vicente – São Paulo, CEP.: 11360-100. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h, e sábado, das 8 às 12h. Contatos pelo telefone: (13) 3468-5750 ou email: Sociallar@bol.com.br.     

 

Foto: Barbara Farias


Leia também