Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Regional | 03/04/2020

Guarujá monta hospital de campanha na Base Aérea de Santos

Começa a ser montado nesta sexta-feira (3), no hangar da Base Aérea de Santos, o hospital de campanha que a Prefeitura de Guarujá providenciou para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). No local, serão montados 70 leitos de apoio à rede municipal de saúde, sendo 50 clínicos e 20 de UTI.  


A estrutura será composta por duas tendas, uma de 20x45 e outra de 20x50, totalizando 1.900 metros quadrados. O hangar possui cerca de 4 mil metros quadrados, o que permite a expansão do hospital de campanha, com o funcionamento de mais leitos, se for necessário. A previsão é de que a montagem esteja concluída dentro de uma semana. 


A estrutura das tendas é feita, basicamente, do material conhecido como octanorm, um sistema de tubos de alumínio, com oito lados, utilizados para montagem de stands. O material é de fácil higienização, sendo, inclusive, lavável. Cada um dos 70 leitos terá estrutura individual medindo 7,5 metros, garantindo o distanciamento necessário entre os pacientes.


O hospital de campanha de Guarujá foi viabilizado com a autorização do Estado Maior das Forças Armadas, em articulação iniciada pelo prefeito Válter Suman. “O hangar da Base Aérea é um local amplo, arejado e ideal para a estrutura de um hospital de campanha. Por enquanto, é uma estrutura preventiva, já que a rede municipal, com o apoio do Hospital Santo Amaro, que ganhou mais 10 leitos contratados pelo Município, está dando conta da demanda”, ressalta o prefeito.


Suman, porém, destaca que a curva de casos no Brasil é ascendente. “Todas as cidades brasileiras, de porte médio para cima, precisam investir o que puderem para combater o novo coronavírus. Guarujá está fazendo sua parte”, disse.


Prefeitura viabiliza 192 leitos para combate ao Covid-19
Com o reforço do hospital de campanha na Base Aérea de Santos, a Prefeitura de Guarujá passa a ter 192 leitos para o combate à pandemia do novo coronavírus. 


Além do Hospital Santo Amaro (que é filantrópico e atende pelo SUS), onde o Município conseguiu implantar, há uma semana, 10 novos leitos de UTI, há unidades reservadas em diversos próprios da rede de Saúde da Cidade. 


Um deles é o Ambulatório Referência em Especialidades (ARE) da Vila Júlia, que foi desmobilizado e agora possui 20 leitos de clínica médica que servirão de retaguarda para o hospital de campanha. 
 


Leia também