Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Fronteiras da Ciência | 04/04/2020

Caminho para a felicidade

Jadir Albino é apresentador do programa "Fronteiras da Ciência", exibido aos domingos, às 19h, na Santa Cecília TV, com reapresentação aos sábados, às 21h.

Um professor trouxe balões e deu um a cada aluno no salão. 


Ordenou que cada aluno escrevesse seu nome em seu balão, e depois deixou os balões no chão e retirou os alunos. 


Misturou bem os balões no salão e chamou os alunos de volta e disse-lhes: 
-Vocês têm 5 minutos para encontrarem os balões com os seus próprios nomes. 
Os alunos entraram e enquanto cada um procurava o seu nome acabaram os 5 minutos.


Ninguém conseguiu encontrar o seu próprio nome.


Mais tarde o professor disse-lhes: 
-Agora cada um pegue qualquer balão e entregue-o ao dono. 
Em um minuto todos os alunos tinham seus próprios balões.


Com sabedoria, retomou a fala o professor: 
-Os balões são a felicidade. Ninguém vai encontrá-la procurando a sua própria sem se importar com a de mais ninguém. Temos que dar aos outros para recebê-la!


-Aprendam a fazer o bem sem esperar nada em troca, porque outro vai te devolver em algum momento!


Muitas são as diretrizes que indicam caminhos para se encontrar a felicidade.


Muitas sugestões e conselhos já foram dados para os que procuram pela felicidade.


Essas iniciativas são positivas, quando nascidas do desejo sincero de ajudar.


E são necessárias porque cada pessoa poderá seguir pela rota que mais lhe seja favorável e que esteja de acordo com suas forças e entendimento.


Os caminhos para a felicidade são muitos. Uns são mais curtos e mais íngremes e exigem mais esforço e renúncias.


Outros são mais longos e mais planos, mas todos conduzem ao mesmo fim.


A felicidade é, sem dúvida, uma construção diária, que mais se efetiva quanto mais a ela nos dedicamos.


Quanto mais conscientes dos passos que nos levarão ao seu encontro, mais perto dela estaremos.


Mas enquanto não conseguimos conquistar a felicidade suprema, podemos ir preparando o caminho com algumas atitudes fáceis e lúcidas, nos passos de cada dia.


Eis algumas dicas:
Use expressões meigas e cobertas de ternura.


As energias afáveis favorecem uma atmosfera de paz no coração que as exercita.


Busque a visão otimista sobre as pessoas. Enxergue o lado bom que todos nós possuímos.


Pequenos gestos de bondade por dia alicerçam as grandes atitudes do amanhã, sedimentando os nobres e elevados sentimentos.


Silencie diante das críticas às atitudes infelizes do próximo. Somos nós mendigos do entendimento alheio ante nossos equívocos repetidos.


Aprenda a deixar fluir a compaixão, quando a dor espelhar-se na alma do próximo.


Condicionará, dessa forma, as próprias forças no caminho da caridade, irradiando o calor da fraternidade por onde passar.


[com base em psicografia de Frederico Menezes e na Redação do Momento Espírita] 


Sorria ainda que esteja atravessando difíceis momentos na Terra.


O sorriso gera simpatias e afasta invernos escuros, permitindo o brilho do sol da esperança para você e para tantos que atravessam seu caminho.


Mantenha a calma em qualquer situação.


Quem confia no Grande Arquiteto do Universo e está convicto de Sua Providência infalível, sabe que os recursos necessários chegarão tanto mais rápidos e precisos quanto estivermos em posição positiva na vida.
Tolere o mais que possa. Perdoe sempre. Leve paz onde houver dissensões.


Quem semeia brisas suaves não enfrentará os tufões da agonia em estradas futuras.
 


Leia também

Colunistas | 23/05/2020
Colunistas | 16/05/2020
Colunistas | 02/05/2020