Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Local | 19/12/2017

Coleta de recicláveis em Santos cresce 74% com nova lei

Francisco Arrais/PMS

Também houve queda no total de resíduos domiciliários orgânicos enviados para o aterro sanitário

Um aumento de 74% no recolhimento de recicláveis entre o segundo semestre de 2016 e igual período de 2017. Esse é o resultado constatado pela Secretaria de Meio Ambiente (Semam) após o início da Lei Recicla Santos. Além do aumento nos recicláveis, a Prefeitura também registrou, na comparação entre os mesmos semestres, uma queda de quase 5% (4 mil toneladas) no total de resíduos domiciliários orgânicos enviados para o aterro sanitário. 

 

No caso dos recicláveis, o total recolhido entre julho e dezembro em 2016 foi de 1.425,43 toneladas, que subiu para 2.483,23 no segundo semestre de 2017. Já em relação aos orgânicos, os seis últimos meses de 2016 contabilizaram 85.507,39 toneladas, contra 81.303,47 toneladas no mesmo período de 2017.  


“O total de recicláveis vai aumentar ainda mais”, observa o coordenador de Controle Ambiental, Paulo Batista, "pois não está contabilizado, no balanço, este mês de dezembro". 


Segundo ele, as equipes de fiscalização têm feito uma média de 35 visitas diárias em casas, condomínios e comércios, o que representa mais de mil ações mensais, além de mutirões específicos em áreas de grande concentração de comércios. 


Como classificar o resíduo?
Resíduos úmidos e rejeitos = descartar na coleta diária. São os orgânicos, como restos de comida, além dos rejeitos como papeis usados (higiênico, laminado, guardanapo), absorventes e fraldas descartáveis.
Resíduos secos recicláveis = descartar na Coleta Seletiva. São os limpos como embalagens, plásticos, papel-papelão, vidro, metais etc.


Resíduos especiais e não recicláveis = devolver aos postos de venda. Óleo lubrificante, óleo comestível, baterias automotivas, pilhas e baterias portáteis, produtos eletroeletrônicos e seus componentes, lâmpadas (de todos os tipos), pneus, medicamentos, latas de tinta, aerossóis etc.
 

Dias e horários da Coleta Seletiva*
Segunda-feira 
8h - Estuário, Piratininga, São Manoel, Alemoa 
13h - Boqueirão
Terça-feira 
8h - Santa Maria, Bom Retiro, Vila Belmiro, Valongo, Morro São Bento, Boa Vista, Pacheco, Vila São Bento 
13h - Campo Grande
Quarta-feira 
8h - Paquetá, Vila Nova, Centro e Jardim Castelo 
13h - Marapé e Gonzaga (zona comercial)
Quinta-feira 
8h - Rádio Clube, Vila São Jorge, Chico de Paula, Jabaquara e Monte Serrat 
13h - Pompeia, José Menino e Gonzaga (comercial/ residencial)
Sexta-feira 
8h - Vila Mathias, Areia Branca e Gonzaga (zona comercial) 
13h - Embaré e Aparecida
Sábado 
8h - Caneleira, Saboó e Encruzilhada 
13h - Ponta da Praia, Gonzaga (zona comercial), Nova Cintra, Macuco
 

*Mudança no Natal
Os moradores dos bairros do Estuário, Jardim Piratininga, Jardim São Manoel, Alemoa e Boqueirão devem ficar atentos para mudança na Coleta Seletiva neste Natal e Ano Novo. A coleta do dia 25 acontecerá no dia 24, domingo. O mesmo será feito no dia 1º de janeiro, cuja coleta se dará no 31/12. A partir do dia 2 de janeiro, o serviço volta aos seus dias normais.  


Leia também