Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Porto | 02/08/2019

Porto de Santos registra recorde para o mês de junho

Alta na movimentação de milho contribuiu significativamente para o bom desempenho

A movimentação de cargas pelo Porto de Santos atingiu em junho último recorde para o mês ao alcançar o total de 11.576.036 toneladas, superando em quase 5% a maior marca para o período, verificada em 2017. 


 
Em relação a junho do ano passado, o desempenho foi 6,7% superior, refletindo o aumento da movimentação nos dois fluxos – embarques e descargas. As operações de descarga, com aumento de 7,0%, tiveram crescimento ligeiramente superior aos embarques, cujo incremento na base anual foi de 6,5%.

 

O desempenho verificado em junho também superou pela primeira vez neste ano a previsão inicial para o mês, estimada em 11.295.000 toneladas. O realizado foi quase 2,5% maior que o projetado. A ligeira alta deveu-se principalmente à expressiva expansão dos embarques de milho, com 1.242.249 toneladas, superando em quase 18 vezes o verificado em junho do ano anterior. A forte alta foi puxada pelo expressivo aumento dos embarques da carga a granel (solta no navio). 

 

Ainda, o embarque de farelo de soja a granel, com 586.599 toneladas, e a descarga de adubo, com 466.654 toneladas, apresentaram crescimentos de 88,3% e 35,3%, respectivamente.

 

O aumento da movimentação da carga conteinerizada também foi destaque em junho, com alta de 13,6% quanto à tonelagem e de 12,5% sobre o total de TEU (Twenty Equivalent Units – unidade equivalente um contêiner de 20 pés), para 3.916.137 toneladas e 356.993 TEU, respectivamente.

 

A alta no total mensal seria maior caso não ocorressem as quedas nos embarques das cargas mais expressivas em participação, complexo soja e açúcar. Com 2.540.156 toneladas escoadas no mês, a soja declinou 16,6% em relação a junho de 2018, enquanto o açúcar, atingindo 1.307.723 toneladas, recuou 15,8% na comparação anual. 

 

Acumulado até junho 

O movimento acumulado do ano no total geral caiu 1,4%, para 63.583.391 toneladas, garantindo a segunda maior movimentação de cargas para o período no Porto de Santos. Os embarques registraram queda de 2,1% e as descargas apontaram crescimento de 0,5%. 

 

Apesar da redução nas operações com soja e açúcar, vale destacar o expressivo aumento de cargas como café (156,5% no acumulado e 172,4% no mês), carnes (140,1% no acumulado e 93,5% no mês) e milho (61% no acumulado e 1665,1% no mês).

 

O fluxo de navios até junho apontou redução de 3,3%. Um total de 2.360 embarcações atracou em Santos no período, elevando a consignação média para 26.942 toneladas por navio. 

 

 

Foto: Divulgação/Codesp

 


Leia também