Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Especiais/Santos, 474 anos | 25/01/2020

Meu lugar predileto

Ainda que difícil seja escolher, é certo que todo santista, de coração ou por opção, tem seu lugar favorito na cidade e que vai muito além da praia, em geral a primeira opção de nove em cada dez moradores. Mas, afinal de contas, em pleno ano de 2020 e aos 474 anos de Santos, qual espaço ou equipamento é o preferido de quem vive por aqui?

 

A Badra Comunicação foi às ruas na última semana e entrevistou 1.299 moradores, seguindo fielmente a proporção de sexo e faixa-etária presente no conjunto da população. Realizado em importantes pontos de fluxo do município, e que incluiu a Zona Noroeste e os morros, o levantamento revelou que o Calçadão da Orla, com 40,5% das citações, aparece em primeiro lugar no ranking. Aliás, ele preferido por homens (16,9%) e por mulheres (23,6%); pelos mais jovens, os que têm entre 15 e 39 anos (18,5%) e também pelos mais experientes, os de 40 anos ou mais (22,0%).

 

O Calçadão da praia é, de fato, um campeão de audiência. Segundo o site TripAdvisor, um dos maiores de viagem do mundo e que reserva uma página a Santos, a atração tem uma aprovação de 96% entre os que visitam a cidade: nada menos que 67% a avaliam como excelente e outros 29% como muito boa. Com seus quase 220.000m² e faltando apenas uma década para completar o centenário do início de sua implantação, o Calçadão – com seus jardins e esculturas - realmente caiu no gosto de todos.

 

Na pesquisa, respondida de modo espontâneo pelos entrevistados, ou seja, sem a apresentação de uma lista de locais, em segundo lugar aparece o Emissário Submarino, 11,2%, seguido pelo Aquário Municipal, com 8,3%, o Orquidário, com 4,0%, e Estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, com 3,0%. Outros exatos 50 lugares foram citados pelos entrevistados, de shoppings a bibliotecas, de cemitérios ao sambódromo, do Sesc ao porto, comprovando que o santista tem especial carinho por cada cantinho da cidade.

 

 

Foto Anderson Bianchi/PMS


Leia também