Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Estilo/Beleza | 14/03/2020

Procedimento estético diminui a "asa do nariz"

JÚLIA FERREIRA - DA REDAÇÃO

Alectomia, ou redução da base alar, é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo a diminuição da “asa” do nariz. É chamada popularmente de “correção do nariz largo”, pois acarreta na redução de sua abertura. 

 

A cirurgiã plástica Lory Ferreira Silveira afirma que o procedimento por muitas vezes é comparado à rinoplastia, porém a alectomia se trata de algo totalmente diferente. A rinoplastia é uma cirurgia realizada no nariz inteiro, normalmente feita para a correção de problemas respiratórios, causados, por exemplo, pelo desvio de septo. Já a alectomia é inteiramente estética. A rinoplastia pode ser acompanhada pela alectomia, mas as duas não precisam ser realizadas em conjunto.

 

Segundo ela, a cirurgia possui um pós-operatório tranquilo, mesmo assim, é necessária uma cautela maior, a fim de que o processo de recuperação não seja interrompido. “Como não tem muito tecido, muita pele, o nariz costuma ficar muito inchado. Isso acontece na primeira semana, com o decorrer dos dias, vai desinchando”, explica a cirurgiã. 

 

Lory orienta seus pacientes a não praticarem esforço físico, academia, e tomar bastante cuidado com o sol, além de evitar comida salgada. Segundo ela, essas atividades causam inchaço na área, causando prolongamento na recuperação, que dura entre de seis meses e um ano. 

 

A cirurgiã plástica informa que não existe nenhuma contraindicação. Qualquer pessoa pode realizar o procedimento, desde que o paciente esteja com a saúde em dia. A cirurgia dura, em média, uma hora, com anestesia local. “Geralmente, demora meia hora para marcar o que vai tirar a quantidade de pele, fotografar a paciente, anestesiar, esperar 15 minutos para o anestésico fazer efeito, e então começar”.

 

A cirurgia é considerada de baixa complexidade, rápida e eficaz. Apresenta resultado já na segunda semana, quando o inchaço acaba. 


Leia também