Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Em Off | 28/03/2020

Bolsonaro age por ignorância ou desequilíbrio emocional

MARCO SANTANA - DA REDAÇÃO

O documento da Abin revela uma situação extremamente preocupante: se Jair Bolsonaro foi alertado para os riscos de não se adotar o isolamento social e ainda assim não mudou de opinião, significa que ele tem uma dificuldade enorme de entender situações graves. Ele já tinha informações de especialistas em saúde de todo o mundo, sabia das decisões tomadas em diversas outras nações, e estava ciente das orientações de seu próprio Ministério da Saúde. 


Se Bolsonaro entendeu perfeitamente o quadro que lhe foi apresentado e ainda assim não recuou de posicionamento, demonstra um absoluto desprezo pelas vidas humanas que vão ser perdidas, considera o número de mortes “aceitável”, a pretexto de não prejudicar a atividade econômica do país.


Leia também