Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cultura/Roteiro Cultural | 28/03/2020

Filmes para curtir durante a quarentena

Leitores do Jornal da Orla indicam suas produções preferidas para você assistir aí na sua casa

Por conta da pandemia, todos os eventos culturais com público foram cancelados —assim, o tradicional Roteiro foi suspenso. Como alternativa, o Jornal da Orla publica dicas de filmes e séries, dadas por leitores, para tornar a permanência em casa mais agradável em tempos de Novo Coronavírus:

 

Dois papas, por Frederico Messias, juiz

É uma interessante abordagem sobre a sucessão do papa Bento XVI e reflexões sobre posturas da Igreja Católica que levaram até a sua renúncia. Além disso, faz um retrato da personalidade do atual Papa Francisco e as razões que levaram à sua escolha para o mais alto cargo da Igreja”.

 

Sinopse

Uma obra de ficção, o filme mostra uma longa conversa entre o ex-papa Bento 16 (Anthony Hopkins), que renunciou ao cargo, com seu sucessor, Francisco (Jonathan Price). No diálogo, debatem os rumos do catolicismo e pontuam afeições e peculiaridades da personalidade de cada um. Dirigido pelo brasileiro Fernando meirelles, o filme foi indicado ao Oscar 2020 em três categorias (melhor roteiro adaptado, melhor ator e melhor ator coadjuvante), mas não ganhou nenhum.

 

Nossas noites, por Gláucia Boturão, psicóloga

“Nossas noites” é filme sobre a relação de duas pessoas maduras, que mostra o relacionamento na terceira idade, de forma muito interessante. Cativa mais pelo conteúdo do que pela forma e nos brinda com atuações impecáveis de dois atores veteranos e excepcionais, Robert Redford e Jane Fonda.

 

Sinopse

Addie Moore (Jane Fonda) convida seu vizinho, Louis Water (Robert Redford), para passar a noite com ela, mas não para sexo, e sim por companheirismo. Tendo como este ponto de partida, o filme vai apresentando, com rara delicadeza, os sentimentos e dilemas dos dois, mostrando que o amor pode surgir lentamente. 

 

Parasita, por Lúcia Teixeira, educadora, presidente da Unisanta

“Parasita é imperdível. O filme do diretor sul coreano Bong Joon-Ho é primoroso, de alcance universal e passeia por diversos gêneros. Mostra a necessidade da empatia, de enxergar a dor de quem está ao lado, e de valorizar todo ser humano, para a construção de um mundo melhor”.

 

Sinopse

O grande vencedor do Oscar 2020, o filme sul-coreano mostra uma família que vive num porão sujo e apertado, até que o filho adolescente começa a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa da outra família, os pobres bolam um plano para se infiltrarem na família burguesa, usando mentiras e artimanhas.

 

Lion- uma jornada para casa, por Vanesca Burgo Leite, personal stylist e jornalista

O filme relata todo o seu sentimento de solidão, de não pertencimento àquele lugar e também carrega uma reflexão sobre a importância da família e de um ambiente propício para o desenvolvimento das pessoas enquanto seres humanos.

 

Sinopse

O filme é baseado na história real de um menino indiano chamado Saroo, de apenas cinco anos, que vai até a estação de trem junto com o irmão Guddu limpar vagões, mas acaba se perdendo e indo parar em Calcutá, a cerca de 1.500 km de casa. A partir daí o menino acaba enfrentando diversos desafios. 

 

A lavanderia, por Marcos Canduta, músico

Com uma trama bem amarradinha e um elenco repleto de astros, o filme mostra de maneira bem clara, com muito humor e sarcasmo, como funciona o esquema de lavagem de dinheiro. Adorei o filme porque traduz pra todos, como funciona esse esquema de lavagem, que a gente tanto ouve falar, mas quase ninguém sabe como é.

 

Sinopse

Filme aborda o escândalo dos Panama Papers, que revelou um esquema planetário de fraudes, sonegação fiscal e evasão de divisas. O filme tem a pretensão de explicar didaticamente como se deu o escândalo, relatando algumas histórias. Dirigido pelo premiado Steven Soderbergh, o longa tem no elenco Antonio Banderas, Gary Oldman e Meryl Streep. 

 

 

 


Leia também