Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Vida em Dia | 09/05/2020

Mais segurança nos consultórios

Jornalista

A época é de pandemia de Covid-19, mas os outros problemas de saúde continuam existindo. Especialistas de outras áreas de atuação abrem seus consultórios, mas de forma bem mais cuidadosa.

 

O cirurgião dentista José Marcio do Amaral, coordenador dos cursos de implantodontia da Unimes e diretor e responsável pelo Instituto Implante Vida, conta que modificou todo o protocolo de atendimento da sua clínica”. E não foram poucas as mudanças que vão garantir mais segurança aos pacientes que precisarem marcar consulta durante a pandemia. Entre elas, está um questionário que a pessoa recebe antes do agendamento. Só após a avaliação das respostas, que a consulta será marcada. Ao chegar na clínica, todo paciente obrigatoriamente vai passar por um circuito de limpeza em uma sala de descontaminação, onde ele terá a sua temperatura medida à distância, irá pulveriz ar os calçados com ácido desinfetante, esfregar álcool gel nas mãos e se paramentar com touca, máscara e óculos de proteção. Mesmo assim, terá que calçar protetores nos pés e, só então poderá se dirigir para a sala clínica, onde todos os profissionais também estarão paramentados. Já na cadeira do dentista, ele fará dois bochechos. Um com peróxido de hidrogênio e outro de clorexidina. Desta forma vai diminuir o nível viral e bacteriano da boca. No final da consulta, o paciente vai se retirar e agendar a próxima visita sempre à distância dos funcionários. O período de atendimento entre um paciente e outro é de 30 minutos para que a sala de atendimento possa ser descontaminada com ácido peracético e seja feita a troca de equipamentos descartáveis. Os funcionár ios tamb ém fazem esses bochechos. Outra atenção que tomamos foi com o sistema de ar-condicionado com exaustão, que permite a troca do ar. Os exames de imagem também são feitos na própria clínica, evitando que o paciente tenha que se mobilizar em tempo de isolamento”.

 


A clínica de emagrecimento Thays Flores também passou por processo de sanitização antes de voltar ao atendimento, que se repete duas vezes por semana. “Trabalhamos principalmente com obesidade que, inclusive, é um fator de risco para a Covid-19. Nesse tempo de quarentena tivemos grande número de pessoas nos procurando por estarem engordando muito. Percebemos que tínhamos que ajudar esses pacientes que estavam com medo de passar a fazer parte dos pacientes que se complicam com o coronavírus ”, ressalta a fisioterapeuta Thays Flores de Carvalho, proprietária da clínica.


Fabiana Addario, médica dermatologista, também criou novo protocolo de atendimento para voltar ao consultório e, assim, garantir a segurança de todos. “Limpamos todas as salas diariamente e fazemos questão de deixar as janelas abertas para que o ar circule. Disponibilizamos álcool gel na recepção e para todos pacientes. As funcionárias são orientadas a lavarem as mãos e os antebraços constantemente e só colocam os uniformes – que são lavados diariamente - quando chegam na clínica. Infelizmente, não cumprimentamos mais as pessoas de maneira calorosa, com beijos e abraços, e permanecemos com máscaras e luvas durante todos os procedimentos, assim como demais equipamentos de proteção individual. Orientamos que é também importante que as pessoas evitem levar acompanhantes nas consultas, com exceção dos idosos e crianças”.


Leia também