Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Blog do Carpentieri | 05/06/2020

Trump, o comunista disfarçado!

Diretor de Redação do Jornal da Orla

Foto: Andrea Hanks

Até tu, Trump? Bolsonaro deve estar decepcionado com seu amigo americano.

Socorro! 

 

O comunismo está tomando conta do mundo.

 

 Até tu, Donald Trump?

 

Coloquem os tanques nas ruas!!!!

 

Assim deve ter reagido o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, ao ler a notícia de que o seu amigo, Donald Trump, havia declarado que os EUA teriam dois milhões de mortos pela Covid-19 se tivessem seguido os exemplos do Brasil e da Suécia - ambos os governos foram contra o isolamento social.

 

Bolsonaro sempre achou que o novo coronavírus era uma "gripezinha".

 

Bolsonaro achava que Trump tinha a mesma opinião.

 

Até tinha razão.

 

No começo da pandemia, Trump  desdenhou do vírus, mas quando o bicho pegou e milhares de americanos começaram a morrer, o presidente  mudou o discurso.

 

Bolsonaro insistiu no erro.

 

Vai às manifestações de apoio a seu governo.

 

 Nas ruas, abraça criancinha, sem máscara.

 

Dá um péssimo exemplo para o mundo.

 

Muita gente está morrendo no Brasil porque segue o exemplo do "mito" Bolsonaro.

 

 Anda sem máscara e acha que a Covid-19 é mesmo uma "gripezinha".

 

Se o mito diz que é uma "gripezinha", é uma "gripezinha".

 

 Ponto.

 

O Brasil virou o epicentro mundial do novo coronavírus porque é um país pobre, desigual,com muita gente vivendo amontoada em pequenos barracos, mas, principalmente, porque tem um presidente aloprado, que desafia a ciência.

 

Para Bolsonaro, esse vírus é comunista, o amigo Trump pode ser um comunista enrustido e, como gosta de dizer, "porra!", o comunismo está tomando conta do mundo.

 

Para o presidente do Brasil, a saída é armar a população e distribuir cloroquina ...

 

Um terço dos brasileiros acha que Bolsonaro está certo. 

 

 


Leia também