Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Mundo Pet | 06/06/2020

Como cuidar dos animais de estimação nas estações mais frias?

É repórter do Jornal da Orla e "mãe" de dois cães, a Lola e o Paluza

Foto: Freepik

As baixas temperaturas também podem afetar os pets.

Nesse período, algumas medidas devem ser adotadas para que os problemas sejam minimizados. Baixas temperaturas também podem afetar os animais e eles não estão livres das doenças da estação. De acordo com a médica veterinária Karina D’Elia Albuquerque, pet saudável e bem alimentado consegue regular melhor sua temperatura interna. 


Confira as dicas para cuidar de seu pet com responsabilidade:


Como cuidar dos pets nas estações mais frias? 
Neste período de outono/inverno, algumas medidas devem ser adotadas para que os problemas sejam minimizados, como atenção para alimentação, banhos, umidade relativa do ar, atenção para o abrigo dos pets, bem como camas, aqueles que dormem em quintal etc. Não são todos os pets que estão adaptados ao inverno, raças que apresentam o sub pelo mais proeminente como, por exemplo, Husky Siberiano e São Bernardo, acabam se adaptando melhor a esta época. Já as raças de pelame curto, na grande maioria, necessitam de roupas para proteção. 


Com o tempo seco, é importante sempre abastecer o pote de água? 
Sem dúvidas. A água deve sempre ser trocada a ponto de estar limpa e fresca. Como a umidade do ar está muito baixa em algumas regiões, somente a troca de água não é suficiente. Nestes casos, as recomendações são: colocar umidificadores de ar no ambiente e toalhas úmidas nas janelas a fim de melhorar a qualidade do ar. 


As rações têm que ser diferenciadas no inverno? 
São raros os casos em que o médico veterinário indica aumentar a quantidade da alimentação. A recomendação é fracionar mais as refeições de um modo que o pet não fique muito tempo com o estômago vazio.
 


Leia também