Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Esportes | 23/06/2020

Ato simbólico marca os 29 anos da Escola de Surf de Santos

Foto: Susan Hortas 

Um colar havaiano foi colocado na estátua do pioneiro do surfe Osmar Gonçalves.

A grandeza do significado da palavra aloha, amor e gratidão, esteve presente em gesto simbólico realizado nesta terça-feira (23), na Escola Radical de Surf, no posto 2, orla da Pompeia. O colar havaiano, chamado lei, foi tradicionalmente colocado na estátua do pioneiro do surfe, Osmar Gonçalves, para marcar os 29 anos da primeira escola pública de surfe gratuita do Brasil e do mundo.

 

Em cerimônia restrita em respeito à pandemia da covid-19, o ato foi feito pelas mãos do coordenador da unidade, Cisco Araña, e pelo professor e terapeuta ocupacional Antônio José, da Escola Radical de Surf Adaptado, inaugurada no começo do ano no posto 3. O colar foi doado pelo Rotary Satélite Santos Praia - Sonhando Sobre as Ondas.

 

“Esse é um momento de gratidão aos pioneiros, aos nossos mestres que estão e aos que não estão mais aqui. E também à comunidade do surfe, às famílias, aos professores e aos patrocinadores. Este espaço é um memorial em respeito a todos que construíram o surfe no Brasil", disse Cisco, se referindo à área onde está instalada a estátua de Osmar.

 

HISTÓRIA
Desde o início das atividades, em 1991, mais de 31 mil pessoas já passaram pela Escola Radical. Atualmente, a unidade conta com cerca de 500 alunos de todas as idades nas aulas de surfe e bodyboard, realizadas em parceria com a empresa Blue Med e apoio da Secretaria de Esportes (Semes). O equipamento atende uma média de 1.800 pessoas por ano nas duas modalidades, entre alunos, participantes de projetos e em parcerias.

 

SÍMBOLO DE RESISTÊNCIA
Referência para outras cidades do mundo, a Escola Radical de Surf também é símbolo de resistência. “Na época da repressão, nossas pranchas eram apreendidas. No futuro, a escola se tornou aberta para todos e gratuita, e foi abraçada pela sociedade pelo amor, símbolo do aloha. Por isso, ela sobrevive tanto tempo. A resistência e o amor de todas as gerações estão aqui. Essa escola é a base de Santos no surfe mundial”, acrescentou Cisco, ressaltando que o Município faz parte de uma rede de cidades do surfe e conta com grandes campeões.


Leia também