Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Digital Jazz | 25/06/2020

DVD/CD Roberto Menescal - '80 anos'

Cássio Laranja é produtor musical e coordenador da rádio online Digital Jazz/Jornal da Orla

Foto: Divulgação

Encerro a trilogia de colunas destacando os últimos passos do querido Menesca.

Nesta semana encerro a trilogia de colunas destacando os últimos passos musicais do genial Roberto Menescal, o querido Menesca.


Já mencionamos por aqui o lançamento da sua tão esperada biografia escrita por Claudia Menescal e também o seu encontro em estúdio com o grupo Bossacucanova, experimentando as ousadas misturas entre o Blues e a Bossa Nova.

 


Em 2019, para marcar as comemorações dos seus joviais 80 anos de vida, Roberto Menescal foi surpreendido com um lindo presente encomendado pelo Canal Brasil e o selo MP,B. A gravação ao vivo de um DVD/CD com 17 músicas, contando com a participação de convidados muito especiais. Merecido presente!


A ideia da gravação foi inspirada na turnê “Dia de luz, festa de sol – Roberto Menescal e a Bossa Nova”, que rodou o Brasil em 2017.


São mais de 60 anos de carreira, um dos grandes protagonistas da Bossa Nova e da MPB, mais de 400 composições, mais de 30 discos e 12 DVD’s lançados.


O material muito bem produzido em áudio e vídeo registra encontros marcantes com os seus grandes amigos e parceiros Marcos Valle, Wanda Sá, Joyce Moreno, Leny Andrade e Danilo Caymmi.


A surpresa fica por conta da presença de artistas de outras gerações: Ney Matogrosso, Zé Renato, Jorge Vercillo, Paulinho Moska, Leila Pinheiro, Cris Delanno, Fernanda Takai, Quarteto do Rio, Marcos Nimrichter, Lenine, Zélia Duncan e Verônica Sabino.


Cada um dos intérpretes convidados teve a chance de escolher a sua música preferida com total liberdade de interpretação. 


Registro histórico e indispensável deste genial instrumentista, compositor, cantor e produtor, que é reconhecido pela sua importância e contribuição definitiva para a música popular brasileira.

                         


 

Faz Parte do Meu Show – “Cazuza Em Bossa” – Rodrigo Santos – Leila Pinheiro & Roberto Menescal


Lançado recentemente pelo selo Som Livre, um pouco antes da quarentena, o disco foi gravado ao vivo e traz uma homenagem ao genial Cazuza.


Ele faria 62 anos em 04 de abril e em 2020 também se completam 30 anos sem o artista, que marcou uma geração e continua a ser referência até os dias de hoje através da sua música, influenciando outras gerações que vieram depois da sua partida.


Este projeto especial foi gravado nos estúdios da Som Livre, local onde Cazuza nasceu e cresceu.


O disco apresenta 8 músicas que formam um álbum audiovisual, com regravações das canções de Cazuza numa arejada levada da Bossa Nova, com o trio formado por Leila Pinheiro no piano e vocal, Menescal na guitarra e Rodrigo no contrabaixo e vocal.


Para muito breve está marcado o lançamento também um DVD e a realização de uma temporada de shows pelo Brasil, quando tudo voltar ao novo normal.


A sonoridade do disco é ousada e virou de cabeça para baixo as harmonias das canções de Cazuza. As músicas se apresentam frescas e muito lindas.


Do período de 1985 a 1989 quando Cazuza gravou 5 discos, vamos ouvir as releituras de “Faz Parte do Meu Show”, “Preciso Dizer Que Te Amo”, “Codinome Beija Flor”, “O Tempo Não Para”, “Exagerado” e “Ideologia”.
Já do período do Barão Vermelho destaque para “Por que a Gente é Assim” de 1984 e a incrível “Pro Dia Nascer Feliz” de 1983.


Cazuza foi um dos maiores poetas da nossa MPB e a releitura de suas músicas com a leveza da Bossa Nova ficou sensacional.
Viva Cazuza! Viva a Bossa Nova!


 


Leia também