Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Política | 01/07/2020

Publicado decreto que torna sem efeito nomeação de Carlos Decotelli

COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA BRASIL
Foto: Marcelo Casal Jr

Ele foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro como ministro da Educação, mas não tomou posse.

O Diário Oficial da União publica hoje (1º) decreto tornando sem efeito o decreto de 25 de junho de 2020, publicado no mesmo dia, em edição no Diário Oficial da União, nomeando Carlos Alberto Decotelli da Silva para o cargo de ministro da Educação. Decotelli foi nomeado por Bolsonaro, mas não chegou a tomar posse.

 

A decisão foi tomada depois de denúncias de que o ex-presidente do FNDE havia "inflado" o seu currículo acadêmico.

 

Na plataforma Lattes, Decotelli havia informado ter pós-doutorado em uma universidade alemã. Mas a imprensa e órgãos acadêmicos passaram a investigar as informações e apuraram que, além de não haver título de pós-doutorado, não havia também o doutorado (que ele disse ter cursado na Argentina). Os reitores dessas instituições de ensino se manifestaram. 

 

Sobre Decotelli pesa ainda a acusação de ter plagiado artigos inclusos em sua dissertação de mestrado. 

 

 


Leia também