Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Esportes | 02/07/2020

Vigilância Sanitária vistoria centro de treinamento do Santos FC contra covid-19

Clube está cumprindo o que foi proposto no protocolo estabelecido nesta retomada.

O Santos Futebol Clube retomou os treinos com bola na quarta-feira (1º). Para garantir ainda mais segurança contra o novo coronavírus, uma força-tarefa da Seção de Vigilância Sanitária de Santos esteve no centro de treinamento do clube, para verificar o cumprimento do protocolo de retorno, elaborado pelo time e aprovado previamente pela SMS.

 

Entre os principais pontos observados estão o controle de saúde dos jogadores, por meio de exames laboratoriais RT-PCR realizados antes do dia de início dos treinos; testes sorológicos semanais; treinamentos em grupos de quatro a cinco atletas; treinamento separado de jogador que tenha tido contato com alguma pessoa infectada, até que saia o resultado de seu novo teste.

 

Diariamente, os atletas devem ter a temperatura medida na porta de entrada do CT e responder a um questionário de saúde, além de passar álcool em gel nas mãos. Passam por uma cabine de desinfecção e seguem diretamente para o campo.

 

Caso necessite trocar chuteiras, opções estão na lateral do campo. Uma tenda também foi montada para a troca de roupas. Dessa forma, os jogadores não utilizam as dependências internas do centro de treinamento. Caso necessite de água ou isotônico, a nutricionista do clube entrega para a jogador por meio de uma janela.

 

CONTATO MÍNIMO
“O objetivo é ter o mínimo de contato com as áreas internas do clube. Somente em casos extremos, como na ocorrência de lesões – situações em que o atendimento ocorre também mediante a rígidos protocolos”, afirma Rute Nascimento, coordenadora de Vigilância em Saúde.

 

Foram observados ainda a higiene do local, a disponibilização de álcool em gel e o uso de proteção individual de toda equipe do centro de treinamento, seja de saúde, segurança, administrativa e de limpeza.  Na área de fisioterapia, deverá haver espaçamento dobrado entre as macas. E limpeza frequente de toda área de treinamentos após a utilização dos atletas.

 

Os jogadores não poderão se alimentar no refeitório local, para evitar aglomeração em local fechado, e seus uniformes deverão ser lavados em casa.

 

“Verificamos que o clube está cumprindo o que foi proposto no protocolo estabelecido nesta retomada. Porém, assim como nos shopping centers, a Sevisa continuará as vistorias de rotina no centro treinamento. As próximas, sem aviso prévio”, explica a médica Luciane Valente, chefe de atividades técnicas da Sevisa.

 

O primeiro compromisso do clube em competição está marcado para 8 de agosto (data ainda a ser confirmada), contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.


“Ficamos felizes em poder honrar com as condutas do protocolo. Estamos atentos a novidades da área da saúde e a protocolos contra a covid-19. Montamos os treinos de forma a evitar a exposição dos atletas e a ocorrência de lesões”, afirma Fábio Novi, médico do Santos Futebol Clube.


Leia também