Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cotidiano/Tecnologia | 16/07/2020

Comerciantes de Santos ganham site de relacionamento para impulsionar vendas

Comprar em Santos possibilita aquecer os negócios durante a pandemia.

Portal Comprar em Santos possibilita manter vendas e atender compradores para que lojas, negócios e serviços voltem a funcionar online em Santos durante a pandemia. Mais do que um ecommerce normal, o Portal compraremsantos.com.br é, principalmente, um canal coletivo e comunitário de relacionamento e de vendas online que aproxima o comércio da cidade com seus compradores e clientes. Uma relação de ajuda mútua para quem quer vender e quem quer comprar, com os devidos cuidados e a segurança de receber em casa os produtos desejados ou necessários durante e depois dessa pandemia. 

 

Criado pelo grupo EGO Comunicação Estratégica e com o apoio e a parceria do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista, além de outras importantes instituições e entidades, o Portal Comprar em Santos foi criado com o objetivo de se tornar um instrumento, uma ferramenta sob medida para enfrentar as dificuldades atuais nesse momento de unir forças, de olhar mais um para o outro. 
 


O Portal Comprar em Santos tem o objetivo de criar uma opção que envolve tecnologia e suas facilidades, segurança e credibilidade, uma grande parceria com entidades, sindicatos, veículos de comunicação e outras instituições, para que o comércio da cidade de Santos volte a funcionar. E com excelentes  resultados para comerciantes e clientes. 

 

“É a hora de unir forças e encontrar formas de todos se reinventarem para se adequar a esse momento. Com o Comprar em Santos, estamos propondo uma nova forma de o empresário manter o movimento do seu comércio. Até mesmo para aqueles que, infelizmente, fecharam suas portas. Um portal comunitário para vender seus estoques, pagar suas dívidas e voltar a ter fluxo de caixa. Além disso, o portal também serve para lançar e testar novos produtos e experimentar novos negócios. Para isso, basta o comerciante cadastrar o seu negócio, loja ou serviço, de forma gratuita, no Portal Comprar em Santos”, explica o empresário e publicitário Américo Barbosa, um dos responsáveis pela iniciativa.

 

Como voltar a vender

Para o comerciante usar o Comprar em Santos e se relacionar com seus clientes e novos consumidores, além de efetuar suas vendas, basta acessar o compraremsantos.com.br e fazer o cadastro solicitado no portal, fornecendo os dados da empresa, como endereço, CEP e CNPJ, entre outros. Sem pagar nada. É só se cadastrar e usar o Portal para anunciar seus produtos e vendas. É totalmente de graça. 

 

Depois de cadastrado, o lojista ou comerciante poderá incluir os tipos de produtos ou serviços com que trabalha, postando algumas fotos na página que será criada para ele, incluindo imagens de seu logo, marca e até de fachada, se quiser. 

O negociante também poderá oferecer um desconto mínimo ou alguma promoção inicial para atrair o consumidor para essa sua vitrine virtual. 

 

Após a aprovação da inscrição pelo portal, ele deverá informar a forma de pagamento que será aceita, como Mercado Pago, Picpay, Paypall, cartão de débito ou crédito ou outras.


 
O comerciante também vai divulgar no seu portal as formas como o cliente pode escolher como receber o que comprou, seja por delivery, drive thru ou até mesmo de forma presencial, quando ele poderá agendar para retirar o seu produto na própria loja física. 

 

As vantagens em comprar

Para comprar, basta entrar no portal Comprar em Santos e fazer a busca pelo nome da loja, tipo de produto ou proximidade com o seu CEP. Acessar a loja ou serviço pelos contatos fornecidos e iniciar a comunicação diretamente, definindo a forma de entrega e a de pagamento. 

 

Tudo de acordo com o Código do Consumidor e preservando a segurança dos dados dos envolvidos. A responsabilidade por disponibilizar formas de pagamento e de entregas aos consumidores será das lojas e dos prestadores de serviços cadastrados. 
 


Santistas ajudando santistas

O Portal Comprar em Santos teve sua origem a partir de um caso real, uma necessidade que se tornou quase que geral neste momento.

 

A ideia surgiu em uma reunião do Grupo Ego Comunicação Estratégica, a maior e mais tradicional agência de comunicação do litoral de São Paulo, quando uma das nossas colaboradoras contou que o marido (comerciante cuja loja tem 102 anos em Santos, e foi passada de pai para filho há várias gerações) havia decidido fechar o seu comércio em razão das dificuldades pela falta de financiamentos e da liberação de créditos para poder quitar dívidas com fornecedores e com funcionários. 


"Ficamos perplexos quando percebemos que essa situação, mais que difícil, estava afetando não só a ela e sua família, como milhares em nossa cidade", conta Américo Barbosa.

 

Américo diz que se sentiu na obrigação de tomar uma atitude, de fazer algo diante dessa situação. "Acredito que todos que amam Santos, devem colaborar com a nossa cidade. Quem ama Santos, compra em Santos. Essa é a relação direta e humanitária que temos no portal compraremsantos.com.br, a maior vitrine virtual da cidade, de troca em benefício de todos nesse momento tão difícil para a saúde e para a economia. Afinal, dinheiro é energia que movimenta vidas. Então, comerciantes, se inscrevam agora mesmo e participem!"

 

Ele ainda comenta que a situação do comércio em Santos era difícil mesmo antes da pandemia, pois a economia local já sofria como a nacional e causava muita preocupação para os empresários que enfrentavam problemas para manterem-se com pouco movimento, sem recursos financeiros, endividamento e, em consequência, chegando ao ponto de se ver obrigado a demitir funcionários. 

 

O fechamento das lojas e a interrupção de inúmeros negócios na cidade sempre causa muita preocupação, tristeza, incertezas, além do desemprego de trabalhadores que afeta milhares de famílias santistas.


Sincomércio e Baixada Santista

O Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista foi o primeiro a perceber essa oportunidade inovadora para seus associados que precisam voltar a respirar nesse momento, dando seu total apoio e tornando-se um grande parceiro da iniciativa do Portal Comprar em Santos.

 

O presidente do SincomércioBS, Omar Assaf, comentou que há meses a situação do comércio tem sido difícil não só em Santos, mas no Brasil e no mundo mesmo antes da pandemia. 

 

"Para muitos essa situação já chegou ao limite. Mas, em toda a crise, procuramos alternativas e soluções, por mais que possam parecer impossíveis em um primeiro momento. E esse Portal traz algo ainda mais forte e essencial. Estou falando da união, da solidariedade, da força de uma comunidade como a que temos aqui em Santos", disse.

 

Assaf acredita que encarar os desafios com coragem e buscar soluções, levam o SincomércioBS a apoiar a iniciativa da criação do portal compraremsantos.com.br. "Mais que uma solução de tecnologia e de inovação, o portal permite que todos os comerciantes da cidade reabram seus negócios agora mesmo, montando sua loja virtual nesse e-commerce comunitário, de relacionamento entre comerciante, lojista, empreendedor, fornecedores e seu cliente consumidor." 

 

Ele ainda destaca que essa vitrine virtual é um complemento da loja física e, neste momento, o único e mais importante canal de vendas e de relacionamentos. "O espaço é perfeito para testar produtos e vender seus estoques parados, em promoções ou em outras ações para reativar seu fluxo de caixa. Com ele, não existem mais lojas fechadas. Para isso, peço a todos os nossos associados da cidade de Santos que façam seu cadastro no Portal compraremsantos.com.br. É rápido, fácil e sem nenhum custo. Totalmente grátis."


 

E Assaf lembra que existe uma motivação a mais para os clientes santistas entrarem no Portal Comprar em Santos: "É uma oportunidade que os nossos consumidores têm de contribuir para salvar a economia da nossa cidade, apoiando o comércio local. Um apoio, que ajuda desde os menores até os maiores, e contribui para preservar os empregos de milhares de trabalhadores. Um negócio novo que foi criado por quem quer, como nós, ajudar a cidade mantendo o seu negócio."

E esse apoio do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista vai além, contribuindo para que esse trabalho pioneiro também seja estendido para outras cidades. 

"As boas notícias não param por aqui. Começamos apoiando essa iniciativa em Santos, mas já estamos nessa parceria para, em breve, abrir portais em cada um dos demais municípios da nossa Baixada Santista e região", revela Assaf.

 


Leia também