Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Mundo Pet | 25/07/2020

Corte a unha do pet com cuidado!

É repórter do Jornal da Orla e "mãe" de dois cães, a Lola e o Paluza

Foto: Freepik

Veja dicas para tornar esse momento menos estressante para o seu bichinho.

Em isolamento social e com muitos petshops com horário reduzido para evitar aglomerações, o corte de unha de cães e gatos passou a ser, também, uma preocupação dos tutores. 


“Cães que vivem em quintais com piso de cimento ou qualquer piso áspero que promove o desgaste da unha, devem ter cortadas apenas as unhas dos “quintos” dígitos, que não encostam no chão”, explica a veterinária da AmahVet Adriana Souza dos Santos. 

 


Esse cuidado é importante para prevenir que a unha fique curvada e longa demais. Por outro lado, cães que ficam em ambientes com piso frio, como cerâmica ou azulejo, precisam ter aparadas todas as unhas com regularidade, pois o desgaste natural não acontece. 


Para os gatos, o corte também deve fazer parte da rotina. “A necessidade do corte de unhas se dá, pois os felinos costumam arranhar os móveis da casa e isso pode se tornar perigoso se o animal ficar com a unha presa no móvel”, alerta. Também é recomendado oferecer arranhadores para evitar esses acidentes domésticos.


Confira algumas dicas para realizar o corte com segurança:
 
1.    Use cortadores específicos para o seu pet. Esses acessórios são vendidos em pet shops e possuem formato que se ajusta bem à unha. A indicação, portanto, é comprar de acordo com o tamanho do animal e nunca utilizar tesouras comuns.


2.    Faça uma boa contenção para o que animal não fique se mexendo durante o procedimento.


3.    Cuidado para não atingir a área vascularizada, aqueles famosos “vasinhos” rosados que muitas vezes são facilmente visíveis nas unhas dos pets. Há unhas com pigmentação escura e, se esse for o caso, os cuidados devem ser redobrados, até solicitando a orientação de um profissional.


4.    Tenha por perto o pó hemostático que ajuda na cicatrização e estancamento, caso haja sangramento da derme.


5.    Não realize o corte em casa se tiver animais com alguma patologia, como doenças cardíacas, por exemplo, pois o estresse que é exercido no momento pode comprometer o bem estar do animal.


6.    Deixe-o cheirar e tocar nos utensílios, para que ele entenda que o procedimento não lhe causará nenhum mal. Tenha muita paciência!


7.    Para cães de grande porte, se necessário, utilize uma focinheira para evitar possíveis mordidas. O corte deve ser realizado na diagonal da unha (45º).

 


8.    Nos felinos é necessário apertar cada dígito na base da unha, cortar as pontas no sentido diagonal. Tome cuidado com o limite de corte (45º, respeitando o limite da derme).


9.    Unhas gatos devem ser cortadas a cada 15 dias ou uma vez por mês. Fique atento: quando o animal começa a ter desconforto no andar, na maioria dos casos, consegue-se ouvir as garras/unhas batendo no chão.


10.    Tente não demorar muito na tarefa para não estressar o animal.

 

11.    Ao término do corte, dê um petisco ou brinque com ele para agradar e dar o reforço positivo por ter se comportado bem.
 


Leia também