Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Política | 19/09/2020

Saiba quem são os candidatos a prefeito de Santos

MARCO SANTANA - DA REDAÇÃO
Arte: Cassio w. Cañete

Confira os nomes oficializados nas convenções partidárias.

Teve quem disse que seria mas acabou não sendo; quem queria, mas não foi; quem disse que seria e confirmou ser; e quem não disse nada e acabou sendo. Com a realização das convenções partidárias, finalmente ficou definida a relação de candidatos a prefeito de Santos. Na prática, poucas surpresas. Mas a grande indefinição começa agora, com o início da campanha eleitoral. Certeza, mesmo, apenas após o final da apuração de todos os votos. Confira quem são os candidatos:

 

Márcio Aurélio Soares (PDT)


Médico sanitarista, especialista em saúde pública, é identificado com o segmento mais à esquerda. Defende “uma Santos mais solidária, democrática e justa”. Tem como vice a professora Maria Cecília Cravo, também do PDT — partido de Ciro Gomes.

 

Douglas Martins (PT)

Advogado e músico (integrante da roda de samba “Esquerdantina”), trabalhou na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, do Ministério da Justiça, no governo Lula. Tem como vice a psicóloga Aurélia Rios, mestre em Ciência da Saúde pela Unifesp.

 

Bayard Umbuzeiro (PTB)


Empresário de 79 anos, proprietário da Transbrasa, do setor de armazenagem e transporte de cargas, já foi vereador (1989-1992). De perfil de extrema-direita, é um dos maiores representantes do bolsonarismo em Santos. Tem como vice o ultramaratonista Valmir Nunes.

 

Antônio Carlos Banha (PMDB)


Vereador em sétimo mandato, foi em vários anos o recordista no número de trabalhos apresentados na Câmara santista. Considera-se um herdeiro do legado político do ex-prefeito Oswaldo Justo. Seu vice é o advogado José Roberto Chiarella. 

 

Luiz Xavier (PSTU)


Servidor municipal aposentado, já foi candidato a prefeito (2012) e vereador (2016). Com ideias de extrema-esquerda, critica privatizações e terceirizações, e defende maior participação do estado na economia. 

 

Tanah Correa (Cidadania)


Diretor teatral, foi secretário de Cultura na gestão do então prefeito Oswaldo Justo. É pai do ator Alexandre Borges. Defende uma gestão mais humanizada e investimentos maciços em cultura, educação e a valorização dos espaços públicos.

 

Delegado Romano (DC)


Ferrenho apoiador do presidente Jair Bolsonaro, Romano se notabilizou no início da pandemia por liderar carreatas criticando o isolamento social e defendendo a reabertura do comércio. coach Lucia Helena Cordeiro, do mesmo partido. A chapa tem apoio do Solidariedade.

 

Marcelo Coelho (PRTB)


Empresário, idealizador do Downhill da Descida das Escadarias de Santos de bicicleta. São do partido o vice-presidente, Hamilton Mourão, e Levy Fidelix, um entusiasta do Aerotrem. Tem como vice a policial militar aposentada Lídia Freitas do Nascimento.

 

João Vilela (NOVO)


Empresário do segmento de utilitários domésticos e artigos para decoração, disputa uma eleição pela primeira vez. Do mesmo partido de João Amoedo, defende ações de apoio à iniciativa privada e ao empreendedorismo.

 

Moyses Fernandes (PV)


Jornalista e consultor empresarial, apresenta propostas que conciliam desenvolvimento econômico com preservação ambiental. Sua candidata a vice é a bancária Sonia Brunetti, que foi presidente da AABB por três mandatos.

 

Rogério Santos (PSDB)


Candidato apoiado pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, de quem foi o “braço direito” desde o início do primeiro mandato. Sua coligação conta com o apoio de 14 partidos. Também conta com o apoio de todos os deputados (estaduais e federais) eleitos pela região.

 

Thiago Andrade (PCdoB)


Microempresário e produtor de eventos de 35 anos, defende a aplicação de políticas públicas que reduzam as desigualdades sociais. Filiado há 19 anos no PCdoB, foi presidente da União Paulista dos Estudantes Secundaristas.

 

Guilherme Prado (PSOL)


Professor e empreendedor, é um entusiasta da economia solidária. Defende mais investimentos públicos nas áreas de assistência social, educação, saúde preventiva e cultura. É do partido de outro Guilherme, Boulos, que foi candidato a presidente da República em 2018.

 

Ivan Sartori (PSD)


Desembargador aposentado (foi presidente do Tribunal de Justiça), chegou a ser cotado para ser ministro da Justiça de Jair Bolsonaro. No início da pandemia, se envolveu em uma polêmica, ao criticar a interdição das praias santistas. 

 

Carlos Paz (Avante)


Ex-presidente estadual do Sindicato de Analistas Tributários da Receita Federal (Sindireceita), tem entre suas bandeiras a revitalização do centro da cidade, a capacitação profissional e investimentos para reduzir o déficit habitacional.

 

Vicente Cascione (Pros)


Advogado, professor universitário, cronista e radialista, foi deputado federal por dois mandatos (1995-1999 e 2003-2007). Disputou a eleição para prefeito em 1992, 2000 e 2004. Tem como vice o sindicalista Décio Clemente.


Leia também