Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Regional | 21/10/2020

Em São Vicente, projeto é arma contra a violência doméstica

DA REDAÇÃO
Foto: Divulgação

PREVIMCA apoia mulheres, crianças e adolescentes da cidade.

São Vicente tem uma importante arma de combate à violência. Criado pela advogada Ana Paula Borgomoni e a psicóloga Fernanda Negreiros, o Projeto de Prevenção e Enfrentamento das Violências contra Mulheres, Crianças e Adolescentes, Previmca, tem a intenção de oferecer atendimento psicológico e assistência jurídica à população de baixa renda e já atua na cidade há cerca de nove anos. 

 

Conversamos com Ana Paula para saber como funcionam o suporte às vítimas. Confira:


Jornal da Orla - Como surgiu o Previmca?

Ana Paula Borgomoni  - O projeto surgiu em decorrência do suicidio de uma adolescente durante durante um processo de divórcio onde ocorria muita violência no ambiente familiar. O genitor era extramamente violento, e as medidas judiciais não foram suficientes para mantê-lo longe.

 

Jornal da Orla - Qual a principal intenção da atuação de vocês?
Ana Paula Borgomoni - Os objetivos do projeto são o atendimento, psicológico, jurídico e psicopedagógico das mulheres, crianças e adolescentes vitimas de violências. Educar as pessoas para que consigam identificar as violências das quais estão sendo vitimas e também para que sejam rompidos os ciclos de violências.


Jornal da Orla - Como as pessoas devem procurar os serviços oferecidos pelo projeto?

Ana Paula Borgomoni - O projeto pode ser encontrado pelas reades sociais facebook e instagram @PREVIMCA, com M de mulher.


Jornal da Orla - Quais são as próximas ações?

Ana Paula Borgomoni - Estamos com a recente ação da Rede de Acolhimento Virtual Psicológica, onde as pessoas são atendidas virtualmente e sem qualquer custo, por profissionais de psicologia totalmente voluntárias.

 


Leia também