Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Local | 19/11/2020

Santos é sétima cidade mais competitiva do Brasil, diz estudo

Ministério do Turismo

Informação faz parte do ranking elaborado pelo Centro de Liderança Pública.

Com mais de 55 indicadores analisados, Santos é a sétima cidade mais competitiva do País, de acordo com a primeira edição do Ranking de Competitividade dos Municípios divulgado nesta quinta-feira (19) pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com o Sebrae e a startup Gove.

 

O objetivo do levantamento é oferecer ao público uma ferramenta simples e objetiva que paute a atuação de líderes públicos na melhoria da competitividade e da gestão pública. É também um documento útil para orientar o setor privado a decidir por investimentos produtivos, de acordo com as características de cada projeto.  


A pesquisa reuniu 405 municípios com mais de 80 mil habitantes e analisou 55 indicadores como taxas de investimento, matrículas escolares, mortalidade, abastecimento de água, formalidade do mercado de trabalho e acesso à telefonia.


 
Santos ficou à frente de diversas metrópoles e capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Salvador e Recife, além de cidades importantes do estado de São Paulo como Campinas, Guarulhos e Ribeirão Preto.


 
No total, o Município fez 60,00 pontos, ficando atrás de Barueri (1º - 64,33), São Caetano do Sul (2º - 64,30), São Paulo (3º - 61,91), Florianópolis (4º - 61,68), Curitiba (5º - 60,64) e Vitória (6º - 60,41). Entre os destaques, estão os critérios denominados ‘dimensão’, que são Instituições, Sociedade e Economia, nos quais Santos obteve notas 69,88, 73,56 e 40,80, respectivamente.


 
Nesses mesmos índices, Florianópolis, por exemplo, que ficou em 4º lugar, teve números abaixo dos santistas em dois aspectos: 54,73 (instituições), 71,68 (sociedade) e 54,32 (economia).


 
Para o Chefe do Executivo santista, Paulo Alexandre Barbosa, o resultado atesta que a Cidade, hoje, já se configura entre os principais municípios brasileiros. “Santos tem condições de competir com grandes cidades, segundo esse importante ranking aponta, e vai crescer ainda mais. O resultado comprova a amplitude e qualidade da infraestrutura de Santos, diferencial que já está atraindo grandes empresas como a GL Events - umas das principais promotoras de eventos no mundo - que escolheu a Cidade para pôr sua chancela no Santos Convention Center”.


 
O prefeito também destaca a capacidade futura de atrair investimentos para a região central. "Criamos condições para fomentar avanço econômico, por meio do programa Novo Centro Velho.  A segunda etapa do VLT, que levará o modal ao Centro, vai atrair mais pessoas e também empresas. A região central será atrativa para novos negócios".
 


Leia também