Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cotidiano/Saúde | 20/11/2020

Acne na gravidez: como cuidar da pele durante a gestação?

Foto: Freepik

Esfoliar o rosto uma vez por semana é uma das dicas de especialista.

A gravidez é, sem dúvida, o período de maior mudança para o corpo da mulher. Apesar de cada corpo reagir de uma forma, todas são impactadas pelas alterações hormonais e metabólicas da gestação. Uma dessas alterações é a acne, doença de pele que pode afetar muitas gestantes.


Nos últimos dias, a Youtuber Virginia Fonseca que está no primeiro trimestre da gravidez, postou um vídeo em suas redes sociais dizendo que sua pele está cheia de espinhas. No começo do ano, a cantora Marília Mendonça também dividiu com seus fãs que sofreu muito com espinhas na sua gestação. 


“A gravidez é um período que o corpo da mulher sofre um choque de hormônios e mudanças bruscas em pouco tempo. Por isso, algumas doenças surgem nesse período, como é o caso da acne. Os estudos científicos já realizados em gestantes mostram que os principais preditores de acne na gestação podem ser encontrados no histórico médico de cada paciente, sendo que os mais importantes são: história pessoal de acne, aumento de pelos corporais, irregularidade nos ciclos menstruais e calvície feminina, explica a Dermatologista especialista em Estética, Dra. Nádia Bavoso. 


Algumas pessoas acreditam que as espinhas podem indicar o sexo do bebê, mas a médica alerta para isso. “Tem alguns estudos que indicam que durante a gravidez de menina, a placenta pode produzir mais um hormônio chamado HCG, que potencializaria os riscos de acne durante a gestação. Mas não podemos generalizar isso pois cada mulher responde de uma forma e tem muitos fatores envolvidos”. 


Como os tratamentos durante a gravidez são bem limitados, a Dra. Nádia Bavoso deixa algumas dicas para ajudar a controlar a acne:
•    lave o rosto apenas com sabonetes próprios para acne, sem ácido salicílico; 
•    esfolie o rosto uma vez por semana com esfoliantes bem suaves; 
•    use cremes antiacne que tenham ácido azeláico, ácido glicólico com concentração até 10% e outros alfahidroxiácidos na sua composição; 
•    faça limpeza de pele regularmente com um profissional experiente e sempre se certifique que ele está usando produtos adequados para esse período; 
•    pode fazer peeling de ácido mandélico. Cuidado: os peelings químicos com ácidos retinoico e salicílico são vetados!
 


Leia também