Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Positividade | 04/02/2021

ComCiência Espiritual

Juliana Colella - Psicologia Positiva, não violência, espiritualidade e felicidade autêntica.

A espiritualidade tem sido há tanto tempo transmitida de maneira absurda que, qualquer pessoa que se considere inteligente, fica apreensiva de se considerar uma pessoa espiritualizada. – Sadghuru

Espiritualidade não é necessariamente seguir uma religião. Eu mesma, cada vez mais me conecto com a sacada de que a maior fonte de inspiração espiritual é a própria natureza. Seja conhecendo a si mesmo e se aprofundando na natureza do Ser, seja observando o que a vida natural oferece e como ela se desenvolve e evolui.


A matéria é uma das dimensões desse Mistério que buscamos com a espiritualidade e religiões. Tudo que aqui vivemos, tudo que aqui acontece é parte de um desenvolvimento espiritual. Não há como ter separação! Tudo é natureza e a natureza é o sagrado manifestado nessa dimensão!


É a partir do corpo que experimentamos a Vida, que nos relacionamos com o mundo e com o planeta. Nossa conexão precisa começar com a conexão com o corpo. A expressão do sagrado deve ser trazida para o dia a dia para que a gente realmente pratique o que qualquer escritura nos fala. 


Pra que esperar um futuro, vivendo uma esperança de algo que pode acontecer ou não depois que você morrer, se você pode criar essa experiência aqui e agora para você?


Autoconhecimento, auto percepção. Como você funciona em cada situação que vive? Como se alimenta? Sua dieta te traz saúde ou enfraquece seu corpo? A nossa alimentação é a base para que a gente mantenha o funcionamento do corpo equilibrado.


Os estudos da bioquímica e da neuroquímica tem levantado que tudo se relaciona em uma dança linda hormonal dentro de nós, e tudo aquilo que ingerimos impacta no funcionamento desse sistema.


Quando nosso corpo está equilibrado, nossa mente está mais equilibrada. Ou seria o inverso? E conseguimos viver melhor, percebendo a nossa vida de maneira mais leve e positiva. 


Trazer pra sua rotina pequenos hábitos de auto cuidado faz toda a diferença em como você percebe a qualidade da sua Vida. De verdade! Por favor, tente antes de dizer que não funciona.


A psicologia positiva é um caminho científico que tem estudado várias práticas, e não somente espirituais claro, que são praticadas há milênios dentro de filosofias e religiões, e que influenciam a maneira como a gente percebe o mundo, e como a gente faz para se sentir mais feliz e amoroso.


Por que afinal, o que você busca quando se conecta com sua espiritualidade e religião? Paz, tranquilidade, felicidade, amor. A esperança de um lugar em que todos os seres sejam felizes e estejam em paz? A plenitude?


Esse lugar pode ser aqui. O Paraíso é um estado de espírito e com práticas simples, mas com consistência, resiliência e entrega, você chega a esse entendimento de estar vivendo seu Paraíso particular.


Estar pleno é estar tão presente que a Vida esgota em si mesma toda a razão de Ser. O que te motiva a levantar da cama? A vida em si me motiva. Desfrutar desse tempo espaço que estou vivendo. 


Porque se torna tão difícil para nós acreditar na possibilidade de uma vida onde seu valor está em simplesmente curtir a experiência? Estamos sempre em busca de algo que pode acontecer no futuro. Resgatar a sabedoria da criança de maravilhamento pelas descobertas do dia a dia.


A gente vai desenvolvendo uma prepotência de que sabemos tanto sobre a vida, um cinismo que nos cega, quando a gente podia aproveitar e ir, com esse olhar científico, aprofundando nas percepções de mundo. Ampliando o repertório de se relacionar com a vida. 


Eu saber como funciona a concepção de um bebê no útero da mulher não tira a beleza e o encantamento que sinto pelo mistério desse processo. Só aumenta.


As ciências físicas e a tecnologia só podem oferecer conforto para a Vida, a partir do momento que começamos a entender a ciência como uma plataforma de autoconhecimento e que traz a possibilidade de experienciarmos e desenvolvermos a consciência humana, ela se expande e ganha uma proporção realmente digna.


Ciência é sobre ampliar o conhecimento sobre a Vida. Então porque muitos cientistas têm evitado de maneira veemente a possibilidade de explorar questões que parecem ilógicas, mas que pode ser que a gente simplesmente ainda não tenha a tecnologia de analisar? Ao longo da história tantas verdades foram mudando conforme fomos desenvolvendo tecnologias.


E nosso corpo tem muita tecnologia. Somos uma máquina auto orquestrada perfeitamente, na maior parte dos casos, se a gente tiver o devido cuidado com ele. Ele sabe respirar sozinho, liberar toxinas, regular temperatura, te fazer fugir do perigo, dormir... você quase não tem trabalho, a não ser não resistir aos pedidos desse aparelho, e nutri-lo de maneira balanceada para que continue funcionando direito.


E nutrição não é só comida. Você se nutre com conteúdo que consome pela Tevê ou pelas mídias sociais. Você se nutre de suas relações. Você se nutre de uma jornada de trabalho que te permita aproveitar a Vida. Você se nutre praticando atividades físicas e meditativas. Você se nutre da qualidade do seu silêncio e solitude.


Analise essa semana essa tua capacidade nutritiva. Seja sincero e acorda pra realidade de que teu corpo é resultado de uma engenharia natural de milhões de anos de evolução, e é teu maior canal de conexão com o divino. Una essas duas sabedorias e você consegue começar a construir um canal mais direto e efetivo com a sua espiritualidade.


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete a linha editorial e ideológica do Jornal da Orla. O jornal não se responsabiliza pelas colunas publicadas neste espaço.


Leia também

Colunistas | 16/06/2021
Colunistas | 31/05/2021
Colunistas | 20/05/2021