Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Saúde e Beleza | 13/03/2021

Qual é o seu tipo de lábio?

Júlia Mendes é médica dermatologista e pediatra. CRM: 101090-SP / RQE: 32157/ RQE: 27484

Pixabay

Os lábios dizem muito sobre cada pessoa, além da sua utilidade para falar, conversar, expressar emoções, comer e beijar, pois se trata de um órgão sensorial muito relacionado ao prazer, além de simbolizar sensualidade e também sexualidade.

 

Na atualidade, os lábios com volume remetem à jovialidade e o tratamento com ácido hialurônico deve-se respeitar a anatomia e a individualidade de cada paciente. Devemos ornar e harmonizar essa área com o restante da pele e do rosto, se não, a beleza e a naturalidade do resultado não serão alcançadas. 

 

Por muitas vezes, na consulta médica, temos que esclarecer que os “printes de fotos” trazidas pelos pacientes, querendo exatamente “aquela boca” não se enquadram no resultado que alcançaram pelo menos de imediato, pois para tal resultado além de aumentar o volume, corrigir “alguns defeitos”, também tem que modificar a forma e a largura, que podem ser incompatíveis, de acordo com as características, arcada dentária e a etnia de cada paciente.

 

IDENTIFIQUE QUAL É O SEU TIPO DE LÁBIO:

 

  • Largura dos lábios:
  • Estreitos
  • Médios
  • largos

 

  • Espessura dos lábios:
  • Muito fino
  • Fino
  • Médio
  • Espesso

 

  • Formato do filtro (2 colunas verticais que se formam a partir do ápice do arco do cupido e vão em direção ao nariz):
  • Reto
  • Oval
  • Rômbico
  • Triangular

 

  • Formato do lábio superior:
  • Arredondado
  • Em “M”
  • Côncavo

 

  • Formato do lábio inferior:
  • Arredondado
  • Oval
  • Trapezoidal
  • Reto

 

  • Relação lábio superior e inferior:
  • Iguais
  • Inferior dominante
  • Superior dominante

 

  • Comissuras:
  • Voltadas para baixo
  • Retas
  • Voltadas para cima

 

No envelhecimento aumentamos a altura do lábio superior, quando mais jovem é na faixa de 13,75 mm e aos 70 anos atinge média de 19,2 mm

 

  • Preenchimento labial com ácido hialurônico (para tratamento e embelezamento da região labial):
  • Eversão dos lábios
  • Volumização 
  • Contorno
  • Embelezamento

 

  • Preenchimento labial - precauções:
  • Evitar sobrecorreção
  • Para lábios muito finos, considerar fazer o tratamento em mais de uma etapa, com intervalo de 1 a 2 meses entre elas
  • Artéria labial superior e inferior (que são ramo da artéria facial) está localizada na maior parte dos casos no plano retromuscular, mas atenção, na porção central dos lábios as artérias podem estar em planos mais superficiais 
  • Considerar que existe variação anatômica 
  • Atenção ao plano correto
  • Complicação mais temida: injeção intravascular (oclusão) cuja consequência mais grave é a necrose da área irrigada pela artéria afetada. 

 

  • Proporções ideais de um lábio rejuvenescido, de acordo com a literatura:
  • Lábio superior com proporção de 1 de volume para 1,6 de volume no lábio inferior (para mulher caucasiana)
  • Arco do cupido e filtro evidentes
  • 2 a 3 mm de projeção do lábio superior em relação ao inferior 
  • Lábio paralelo à linha imaginária desenhada entre as pupilas
  • Distância de 18 a 20 mm do lábio superior à base do nariz
  • Lábio inferior distante 36 a 40 mm do mento.

 

Converse mais com o seu médico dermatologista associado a SBD sobre esse assunto.

 

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete a linha editorial e ideológica do Jornal da Orla. O jornal não se responsabiliza pelas colunas publicadas neste espaço.


Leia também

Colunistas | 08/05/2021
Colunistas | 01/05/2021
Colunistas | 24/04/2021