Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Blog do Carpentieri | 16/03/2021

O show de horrores de Bob Jefferson

Diretor de Redação do Jornal da Orla

Reprodução

Em vídeo, ex-deputado chama Doria de 'bicha louca' e ministros do STF de 'urubus'.

Os 14 meses que passou na cadeia por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo jeito não serviram de aprendizado para um personagem bastante conhecido dos brasileiros: o advogado, político e atual presidente do PTB, Roberto Jefferson.


Bob Jefferson, como é conhecido, resolveu atacar de novo.


O pacote é bem raivoso.


De uma só vez ele ofende políticos, defende um golpe militar, o afastamento dos 11 ministros do STF (a quem chama de urubus) e, de quebra, o fechamento do Congresso Nacional.


Em vídeo que circula nas redes sociais, ao lado do desembargador aposentado Ivan Sartori (candidato derrotado à Prefeitura de Santos), Bob Jefferson produz um show de horrores e certamente será aplaudido por uma parcela considerável de gente sem noção – aqueles de sempre, que defendem ditadura, tortura e que acham que a Covid-19 é apenas uma “gripezinha”.


Fazer o quê?


Essa gente existe.


Em seu novo espetáculo, Bob Jefferson chama o governador de São Paulo, João Doria, de “bicha louca” e diz que é hora da “ força armada agir”.


Na cabeça de Bob, estamos vivendo um “estado bolivariano”.


“Excesso de democracia dá nisso”, diz a nova vivandeira dos quartéis.

 


Para quem não sabe, Bob Jefferson foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.


 Em 2005 foi cassado pela Câmara dos Deputados. Nada menos do que 313 colegas concluíram que os crimes praticados por ele eram incompatíveis com a conduta de um parlamentar.


Dos 10 anos de cana, ele cumpriu apenas 14 meses. Sua pena já tinha sido reduzida a 7 anos e 14 dias por ter delatado outros colegas corruptos.


Ao deixar a cadeia, para o regime semi-aberto, prometeu que ia cuidar da saúde e “namorar muito”.


Pouco se sabe dos amores de Bob, e, convenhamos, isso não têm a menor importância para os brasileiros, mas agora ele começa a namorar “um golpe militar”, e a conspirar contra a democracia.


E isso é da nossa conta, sim.


Bob Jefferson defende a cassação dos 11 ministros do STF, e o fechamento do Congresso, que chama de “aquela lata de lixo”. 


“Pau neles, presidente Bolsonaro,” berra Bob.


E pede ao presidente:  Ponha para voar aqueles 11 urubus (os ministros do STF), malandros comunistas, satanistas, corruptos. 


Pelo menos de corrupção, Bob entende.


De democracia, não se sabe, mas ao flertar com “um golpe militar” ele está atacando a Constituição e cometendo um crime contra o Brasil.


Vai ficar por isso mesmo?

 

 

 


Leia também