Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Novo Coronavírus/Novo Coronavírus | 27/03/2021

O legado de Pepe Altstut

EDISON CARPENTIERI
Arquivo

Apaixonado por pessoas, animais e esportes, empresário nos deixou seu exemplo.

Em um mundo cada vez mais desumano e cruel, abalado por uma pandemia avassaladora, que ceifa milhares de vidas, destrói lares, empregos e esperança, Pepe Altstut deixa um legado de amor à vida.


Empresário argentino radicalizado em Santos, Pepe tinha verdadeira paixão pela cidade, pelas pessoas e pelos animais. Foi sem nenhuma dúvida um dos empresários brasileiros que mais investiu no esporte, incentivando e oferecendo oportunidade a centenas de atletas.


Gente que não podia sonhar, sonhou... e realizou, com o apoio total desse empresário visionário, com alma de criança serelepe.


Ouso dizer que Pepe Altstut, aos 83 anos, teve uma morte precoce – vítima deste maldito vírus, que vai devastando a humanidade.


 Sim, precoce, porque ele gozava de boa saúde, era um atleta e, principalmente, porque amava a vida como poucos. Tinha tanto a oferecer ainda a jovens atletas que precisam apenas de uma oportunidade para realizar seus sonhos e ter uma vida digna...


Quem conheceu Pepe e teve o privilégio de ser seu amigo sabe o tamanho do coração generoso que Deus lhe deu. E da falta que fará.


Seu portunhol, mais “nhol” que “portu”, era inconfundível e chegava a ser engraçado para alguém que vivia há 58 anos no Brasil, em Santos, sua terra.


Pepe gostava de uma boa conversa e de compartilhar um bom vinho com os amigos – mas tinha de ser vinho argentino.


Pois é, Pepe, saudade! 


Que Deus o receba em sua morada e o abençoe sempre!


Pepe por ele mesmo – Leia a reportagem "A receita do Sucesso" em que Pepe Altstut conta um pouco de sua história para a repórter Mirian Ribeiro.


Leia também