Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Blog do Carpentieri | 02/04/2021

A Páscoa da solidariedade

Diretor de Redação do Jornal da Orla

Freepik

Esta é uma Páscoa especial e, se for encarada dessa forma, pode dar um sentido à vida de cada um de nós.


Independentemente de classe social, de nível intelectual ou seja lá o que for, estamos todos perdidos e perplexos diante do avanço de uma pandemia sem precedentes na história recente da humanidade.


De que valem os milhões para um cidadão que está agonizando, à beira da morte, procurando desesperadamente por ar que nem os balões de oxigênio podem oferecer?


A Covid-19 nos convida a um momento de reflexão sobre o que fizemos ao longo de nossa existência e dos mistérios da vida.


A ameaça da morte iminente, o medo de ser destruído por um vírus apavorante, nos remete a uma questão: o que fiz da minha vida e do tempo que me foi concedido por Deus?


Ganhei milhões e abandonei gente querida?


Trabalhei feito um maluco para ser alguém bem-sucedido e reconhecido na sociedade?


Tive uma vida medíocre e agora estou na pior?


São apenas algumas possibilidades. 


Cada um tem a sua história.


Mas, agora, nesta Páscoa, você, leitor (a) pode fazer a diferença.


Um ato de solidariedade, uma doação para quem está passando fome, um gesto de amor, faça algo que possa mudar sua vida e de alguém que está desesperadamente precisando de ajuda.


Um estudo realizado com 268 alunos da Universidade de Harvard, entre 1939 e 1944, mostrou que um dos aspectos mais decisivos para a felicidade não é o dinheiro, sucesso e nem a capacidade sexual.


 A resposta está no amor que cada um de nós pode sentir por outras pessoas. 


Algo que Jesus Cristo pregava e que o levou à Cruz.


Para os cristãos, a Páscoa significa celebrar o renascimento de Cristo.
Este é um domingo de Páscoa diferente.


Faça dele algo especial.


Seja feliz!
 
 


Leia também