Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cultura/Leitura | 13/05/2021

Livro raro de Camões é restaurado e devolvido ao Centro Cultural Português

Reprodução

Edição, de 1880, é comemorativa do terceiro centenário da morte do poeta português e foi dedicada ao imperador Dom Pedro II.

Uma raridade foi restaurada e devolvida ao Centro Cultural Português na quinta-feira (13): uma edição especial do livro “Os Lusíadas”, de Luiz Vaz de Camões. A edição de Emilio Biel, da cidade do Porto, de 1880, é comemorativa do terceiro centenário da morte do poeta português e foi dedicada ao imperador Dom Pedro II.

 

O presidente do Centro Português, José Duarte de Almeida Alves, lembra que o livro estava muito deteriorado e foi entregue à Fundação Arquivo e Memória de Santos (Fams) para que fosse feito o restauro em parceria com o Grupo Mendes. “É uma edição raríssima com apenas três exemplares no Brasil”.

 

RESTAURO
A publicação encadernada em capa dura, em couro, e com gravuras nas páginas feitas em ouro foi entregue nas mãos da restauradora Adélia Casasco Alcover. O processo de restauro começou com a higienização mecânica da obra e, na sequência, a reconstituição de lombada, a troca das folhas danificadas por papel japonês de fibra longa e alcalino e a colocação de uma capa de proteção. Adélia revelou estar muito feliz e agradecida por poder ter participado desse trabalho.


O Centro Português passou por uma ampla reforma durante a pandemia e em breve voltará a abrir para o grande público. O livro ficará exposto, como era antes, com todas as medidas protetivas.


Leia também