Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Turismo/Turismo na Baixada | 19/05/2021

Programa quer aumentar competitividade do turismo santista

Ministério do Turismo

Iniciativa do Sebrae oferecerá apoio aos empresários do setor, profundamente afetados pela pandemia.

As empresas de turismo da Baixada Santista podem se inscrever para participar do Programa Sebrae de Turismo Regional. A ação tem como objetivo melhorar e capacitar as empresas da área para potencializar seus diferenciais e tornar o destino turístico mais competitivo. 

 

Um pacote de serviços voltado às empresas do setor turístico de Santos foi apresentando e assinado na terça-feira (18), na Prefeitura, entre a Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo, Santos Convention & Visitors Bureau e o Sebrae. As inscrições já podem ser feitas pela internet, com o WhatsApp (13) 99103-6256 disponível para informações.

 

PROGRAMAÇÃO
A programação terá início no próximo dia 25, com palestra online sobre tendências de mercado. Na ocasião, serão apresentados os diagnósticos individuais aos inscritos no programa, já com direcionamento para atendimento coletivo ou particularizado, de acordo com as necessidades identificadas, conforme adiantou Michele Divino, consultora de negócios do Sebrae.

 

As empresas inscritas participarão de encontros coletivos online, poderão conhecer as tendências do mercado turístico e ter acesso a consultorias especializadas de turismo e gestão.

 

ECONOMIA
Com uma queda média de 59% no faturamento em relação a uma semana pré-pandemia, o setor de turismo foi o mais afetado do mercado. Esse resultado consta da 10ª edição da pesquisa do Sebrae sobre o impacto da pandemia nos pequenos negócios. Mas, segundo a Prefeitura, a tendência é que o turismo regional ganhe força. Por essa razão, os empreendedores precisam estar preparados para a retomada do setor, integrar experiências relevantes e criar produtos autênticos para fortalecer o turismo regional, conforme avaliação de analistas do Sebrae.

 

“Esse trabalho objetivo e individualizado é da maior importância para a retomada da economia. Neste momento, mais do nunca, precisamos de parcerias, pois nossa preocupação maior é a vida das pessoas”, frisou a vice-prefeita Renata Bravo.

 

Já Selley Storino, titular da Seectur, lembrou a importância de o poder público identificar necessidades e encontrar mecanismos de colaboração com o setor privado. “Nosso papel é juntar as pontas e colocar nossa força de trabalho”.

 

De acordo com o chefe do Departamento de Marketing e Serviços Turísticos Leonardo Carvalho, “o programa é uma importante orientação para os empreendedores, que muitas vezes não identificam se o problema está no fluxo de caixa, marketing ou na falta de soluções tecnológicas, e não sabem a quem recorrer”. Os técnicos do Programa de Turismo Regional “vão atuar na dor” e a ideia “não é ensinar a nadar é jogar a boia”, frisou.

 

Destacando o papel da associação em divulgar o programa aos empresários, a presidente do Santos Convention & Visitors Bureau Vanessa Lombardi destacou a abordagem cirúrgica do Sebrae: “O programa vai oferecer para a empresa o que ela precisa de fato”.

 

A assinatura da Declaração de Adesão, iniciativa que integra o Programa de Desenvolvimento Local, contou ainda com a presença de Marco Aurélio Rosas, gerente do Escritório Regional da Baixada Santista do Sebrae.


Leia também