Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Notícias/Educação | 04/06/2021

Guarujá lança pesquisa para ouvir pais sobre educação integral nas escolas

PMG

Instituição na Vila Àurea poderá ser a primeira da modalidade na cidade.

A Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), lançou nesta semana, uma pesquisa para saber a opinião dos pais ou responsáveis por alunos matriculados no Ensino Fundamental I e II, sobre a intenção de matrícula na modalidade Educação Integral, na rede municipal de ensino. A Escola Estadual Lamia Del Cistia, na Vila Áurea, se for cedida à Prefeitura, pode se tornar a primeira escola municipal neste modelo.

 

Por isso, até a próxima segunda-feira (7), um formulário online ficará disponível. O questionário vem sendo divulgado nas redes sociais da Prefeitura e nos grupos de whatsapp dos professores, utilizados no Projeto de Ensino Remoto.

 

A pesquisa solicita dados pessoais, escola de origem do aluno, ano em que ele está matriculado, o interesse em matriculá-lo o em uma unidade de Educação Integral, bem como o melhor período para isso, além de levantar as principais atividades esportivas e culturais de interesse do aluno e as razões que justificam o interesse na  matrícula nesta modalidade.

 

A coordenadora de Projetos da Seduc, explica que a iniciativa visa levantar a demanda para implantação da Escola de Tempo Integral, por meio do Projeto Novas Linguagens na Educação Integral (PLEI). “Com o retorno do questionário vamos poder estruturar o projeto, para que os alunos sejam melhor atendidos, de acordo com suas necessidades e as necessidades dos pais. Também descobriremos a demanda de vagas na região da EE Lamia, atendendo às especificidades da comunidade e da nossa rede de ensino”.

 

De acordo com o secretário de Educação, a Escola de Tempo Integral beneficiará toda a Cidade. “Ganha o aluno, que tem uma jornada escolar ampliada com acesso ao reforço, e ganham os pais, que poderão trabalhar tranquilos sabendo que o filho está em uma unidade segura, sendo muito bem cuidado e educado. Isso permitirá que a Seduc desenhe novos modelos de atendimento, tornando a educação integral, uma política pública progressiva do Município”.

 

Vistoria na Escola Estadual Lamia

Na última semana, a Seduc realizou uma vistoria na unidade do Estado, que pode se tornar a primeira escola municipal de Educação Integral. Para que isso ocorra, o Governo Estadual precisa formalizar um termo de cessão repassando o prédio à Municipalidade.

 

A ideia da cessão surgiu em 2018, ainda com a possível transferência dos alunos da Escola Municipal Benedito Cláudio, na Vila Alice. Ano passado, o Governo do Estado voltou a procurar a Prefeitura para saber se ainda havia interesse na cessão da Escola Lamia Del Cistia, já que apenas três turmas de alunos frequentam o espaço, podendo então ser melhor aproveitado pelo Munícipio.

 

Atualmente, a unidade escolar possui apenas 78 alunos matriculados no ensino fundamental II. Na avaliação da Prefeitura, é interessante ao Estado realizar a cessão, pois o Município assumiria o ensino fundamental I, já que o foco da secretaria estadual é o fundamental II. A Escola Lamia tem 18 salas de aula, com capacidade para 30 alunos, além de diversos espaços abertos como quadra esportiva, pátio e até auditório.


Leia também