Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Turismo/Turismo na Baixada | 10/06/2021

Turismo de Cubatão busca regularização da trilha Lagoa Azul

PMC

Trilha ainda não é oficialmente reconhecida pela Fundação Florestal.

Um dos lugares mais procurados por turistas de toda a Região em breve poderá ser regularizado: a trilha Lagoa Azul em meio à mata da Costa Atlântica ainda não é oficialmente reconhecida pela Fundação Florestal, responsável pelo Núcleo Itutinga-Pilões. O local tem três cachoeiras e um lago. Quando o sol bate na água, a cor fica azulada, o que explica a origem do nome.

 

Imagens do lugar registradas por visitantes ganharam as redes sociais, o que chamou a atenção da secretaria de Turismo da cidade (Setur). Está sendo avaliada a possibilidade de regulamentação e esta é a etapa inicial do processo. Segundo a secretária da pasta, Thaís Margarido, A Lagoa Azul poderá ser um dos grandes atrativos de Cubatão. ” A idéia é regularizar a trilha para que, de forma legal, possamos explorar turisticamente “, afirmou.

 

Ainda segundo Thaís, uma parceria junto à Associação de Engenheiros e Arquitetos da cidade (AEAC) permitiu que profissionais voluntariamente ajudassem a planilhar as áreas onde há a necessidade de pequenas intervenções. Para o presidente da AEAC, Marcelo Onuki, a entidade aposta no desenvolvimento do Turismo no município e por isso se colocou à disposição. Na quarta-feira (9) foi realizada uma visita técnica até o local por uma comitiva formada por gestores, engenheiros e ambientalistas.

 

A parceria entre a Setur e a Fundação Florestal tem como objetivo fomentar de forma sustentável os parques ecológicos que estão inseridos no Núcleo Itutinga- Pilões. Dentro de Cubatão dois parques estão na jurisdição da Fundação: o Parque Ecológico Perequê e o Itutinga-Pilões, além da nova trilha Lagoa Azul.,


Leia também