Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Saúde e Beleza | 31/07/2021

Banho no inverno

Júlia Mendes é médica dermatologista e pediatra. CRM: 101090-SP / RQE: 32157/ RQE: 27484

Freepik

Com a chegada do inverno a temperatura da água dos banhos começam a ficar mais quente. Ainda mais vivendo uma pandemia e surtos de sarna humana (escabiose), a necessidade do banho ao chegar em casa além de higiênico, é revigorante, relaxante e prazeroso. Costumo dizer aos meus pacientes, que se tem algo na vida que nunca se arrependemos, é de tomar um bom banho.

 

Porém, atenção com a temperatura da água do seu banho. Um banho frio é considerado entre 22ºC e 24ºC, um banho morno até 37ºC e um banho quente acima de 38ºC.

 

No banho frio, o manto hidrolipídico de proteção e de hidratação natural da nossa pele se mantém intacto e os cabelos se tornam mais brilhantes. Já no banho quente e demorado, ocorre uma remoção dessa barreira protetora, deixando a pele mais desprotegida, desidratada e ressecada, podendo agravar algumas doenças de pele como dermatite atópica, psoríase, dermatite seborreica (caspas) ou desencadear outras dermatoses como eczema asteatósico, xerose (pele seca), prurido (coceiras) e alergias.

 

Mas, nada de “pular banho” nos dias frios! As recomendações para o banho no inverno são: 

 

Banho morno e rápido. 

 

A dica é iniciar o banho morno e ir abaixando a temperatura gradativamente;

 

Para quem quiser fechar os poros e dar mais brilho aos cabelos, no último enxágue faça uma ducha final e rápida com a água mais fria (abaixo de 29ºC);

 

Não usar escovas e nem esponjas de banho;

 

Como inverno exige cuidados especiais com a pele, outro detalhe importante é a troca por sabonetes mais neutros, suaves, com ação mais hidratante ou syndent (menos irritante);

 

Se secar com toalhas macias;

 

Aplicar imediatamente o hidratante no corpo todo, para melhor absorção. 

 

Aproveitem o seu banho! Sigam as recomendações do banho no inverno, como a hidratação imediata e veja alguns benefícios do banho morno a quente:

 

Sensação de relaxamento (realmente ocorre o relaxamento muscular e das articulações);

 

Dilatação dos vasos sanguíneos, (melhora da circulação sanguínea e aporte de oxigênio);

 

Combate ao estresse (reduzindo a ansiedade, melhora a sensação de bem-estar e ajuda a combater a insônia);

 

Promove uma limpeza mais profunda e melhora do mau cheiro;

 

Melhora da sensação de dor, como cólica menstrual, dor de cabeça, torcicolo e dores nas pernas (a vasodilatação ajuda a eliminar as toxinas que causam dor);

 

Revigorante após um dia de trabalho e após estado gripal ou qualquer indisposição.

 

Foto: FreePik


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete a linha editorial e ideológica do Jornal da Orla. O jornal não se responsabiliza pelas colunas publicadas neste espaço.


Leia também

Colunistas | 16/10/2021
Colunistas | 09/10/2021
Colunistas | 02/10/2021