Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Colunistas/Blog do Carpentieri | 25/08/2021

Boa notícia: Bolsonaro ficou calado

Diretor de Redação do Jornal da Orla

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ao contrário do esperado, presidente não discursou no Dia do Soldado.
 

Enfim, uma boa notícia.


O presidente Bolsonaro resolveu não discursar no Dia do Soldado.


Nos meios políticos, a preocupação era grande.


Havia o receio de o presidente, como é seu costume, colocar gasolina na fogueira para incendiar ainda mais a frágil democracia brasileira.


Como é público e notório, o presidente vem fazendo discursos hostis e inflamados contra a classe política e o STF.


Bolsonaro tem incentivado seus fanáticos seguidores a botar fogo no circo.


Os brucutus, no passado conhecidos como “vivandeiras dos quartéis”, estão seguindo o exemplo, ameaçando invadir STF, Congresso e outras ações violentas.


Essa gente enxerga comunista embaixo da cama.


Fazer o quê?


Mas, para o bem e para o mal, Bolsonaro é um presidente singular, que surpreende até mesmo seus assessores mais próximos.


Num raro momento de lucidez, resolveu que o momento exige silêncio.


Ufa!


No Dia do Solado, o discurso principal ficou por conta do comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, que destacou o papel da instituição na defesa da tranquilidade, estabilidade e desenvolvimento.


Se as “vivandeiras” ficaram decepcionadas como o seu líder, os democratas respiraram aliviados.
Calado, Bolsonaro provou que é um estadista!
 


Leia também