Rádio Jornal da Orla/Digital Jazz

Ouça agora

Cultura/Música | 14/09/2021

Cantor santista lança clipe gravado no Museu do Café

Divulgação

Canção e vídeo de Alex Fava já estão disponíveis nas redes sociais.

O cantor santista Alex Fava lançou, neste mês, em todas as plataformas digitais e Youtube, a versão de “Entrelinhas”, um dos singles de maior repercussão na sua carreira e que ficou entre as mais tocadas nas rádios do Estado de São Paulo em 2014, quando foi lançada pela primeira vez. A música faz parte de uma série de lançamentos do “Projeto Origem”, que homenageia a cidade de Santos.


Nesse projeto, a faixa ganhou uma nova roupagem e ritmo, além da inclusão de diferentes instrumentos. “É a primeira vez que fazemos uma versão de uma música já lançada anteriormente e estou ansioso para ver a reação do público. O Bruno Araújo é o responsável pelos arranjos e produção de todas as minhas músicas. Para a Entrelinhas, trouxemos elementos que não estavam presentes na primeira, como o violino, e adicionamos alguns bits do pop”, explica Alex.


Gravado no Museu do Café em Santos, o clipe conta com a participação especial da violinista Lyarah, que bombou na internet quando tocou Paradinha, da cantora Anitta, e também das bailarinas Thaís Santiago, Juliana Acácio e Erica Rodrigues , que integraram o “Balé do Faustão”.

 

“Escolhemos o Museu do Café devido sua importância para Santos e para o Brasil. O padrão de beleza do local é único e  quisemos retratá-lo neste formato. Foi muito emocionante para mim estar ali. Ficamos muito felizes em viver um pouco da história que ele representa, assim como poder misturá-la com a minha”, comenta o cantor ao falar da gravação do novo clipe.


Para conferir a nova versão de “Entrelinhas” acesse o Youtube.

 

Composta por Bruno Caliman, que também assina sucessos como “Te Esperando”, do Luan Santana, e “Domingo de Manhã”, da dupla Marcos & Belutti, entre outros, “Entrelinhas” fala sobre a relação de duas pessoas que se conhecem profundamente. “Só eu sei te entender, só eu sei te traduzir / Só eu que consigo ler entre as linhas do que você diz”, destaca o refrão.


Para marcar a nova fase, ele está trabalhando no "Projeto Origem”, que faz uma homenagem a sua cidade natal. O projeto apresenta três músicas , que serão lançadas no decorrer do ano. A previsão de finalização dos lançamentos é para o início de 2022, ano em que o Museu do Café completa 100 anos. “Foi tudo muito pensado, tanto a parte logística como a artística. Queremos passar o melhor do entretenimento, mas levar também cultura para quem nos acompanha”, completa o artista.


Leia também